Diário Online
CHACINA DO JACAREZINHO

Gagliasso é condenado a pagar R$ 10 mil por fake news

Thiago Gagliasso fez uma postagem difamando a mãe de um dos jovens que foi assassinado na chacina.

domingo, 03/07/2022, 20:17 - Atualizado em 03/07/2022, 20:17 - Autor: Com informações emoff

Google News

Os irmãos, Thiago e Bruno Gagliasso. O bolsonarista Thiago foi condenado
Os irmãos, Thiago e Bruno Gagliasso. O bolsonarista Thiago foi condenado | Reprodução/Instagram )

O irmão do ator Bruno Gagliasso, Thiago Gagliasso, foi condenado a pagar R$ 10 mil por disseminar fake news. As postagens foram feitas na época da chacina do Jacarezinho, em maio de 2021.

Thiago foi processado por Adriana Santana de Araújo Rodrigues, mãe de Marlon Santana de Araújo que foi assassinado na chacina. Gagliasso publicou nas suas redes sociais a foto de uma mulher segurando um fuzil e afirmou que era Adriana na imagem.

Na época, a Polícia chegou a desmentir a informação. O advogado de Adriana considerou o valor insignificante. “É praticamente um estímulo para continuar mentindo”, disse.

Tiago comentou nas suas redes sociais sobre a condenação e fez deboche. “Bom dia pra quem acordou condenado e sequer foi notificado do processo. Prende o TGZinhoooooou! Lula livre, TGzinho preso”, escreveu.

Além dele, já foram condenados  pela mesma fake news o ex-senador, Magno Malta, e os deputados federais, Capitão Alberto Neto (PL-AM) e Luis Miranda(Republicanos-DF). Os deputados estaduais, Filippe Poubel(PL-RJ), Gil Diniz(PL-SP) e Delegada Sheila(PL-MG). 

O influenciador digital, Allan dos Santos, também está sendo processado, mas a ação dele ainda não foi julgada pois ele está foragido.

VEJA TAMBÉM:

Juju Salimeni se abre e revela sua musa: "mais maravilhosa"

Jornalistas gays da Globo se casam em cerimônia luxuosa

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS