Diário Online
Música

Compadre Washington e Beto Jamaica, do É o Tchan, fazem festa no Carnabragança

sexta-feira, 14/07/2017, 10:29 - Atualizado em 14/07/2017, 10:29 - Autor:

Google News

Tudo pronto para o Carnabragança, micareta que há 19 anos agita o verão bragantino. Este ano, quem vai animar o corredor da folia são Léo Santana, Cheiro de Amor, É o Tchan do Brasil e banda Mizerê, neste sábado e domingo, no aeroporto. A expectativa é grande para o fim de semana do carnaval fora de época, dias em que a procura por hospedagem supera a capacidade da infraestrutura hoteleira da cidade.


Este ano, das quatro atrações que farão a festa no Carnabragança, três vieram direto da Bahia. Para o empresário Badinho Soares, realizador do evento, esse feito é resultado de na quase duas décadas de investimento, apostando na animação do povo bragantino e dos visitantes. “Já trouxemos até a Ivete Sangalo e Claudia Leitte para o Carnabragança porque acreditamos que há um público que curte o axé music, estilo com mais de 30 anos, que agrada pessoas de várias idades e que é a cara do Brasil. Este ano, 75% das nossas atrações são grandes nomes do estilo, vindos direto de Salvador”, diz Badinho.


Como acontece anualmente, no fim de semana em que é realizado o Carnabragança, a cidade fica repleta de bragantinos que moram fora e vão à terra natal curtir a micareta, mas, principalmente, é quando há registro do maior número de turistas na Pérola do Caeté durante o mês de julho. Desde que a data do evento foi anunciada, em maio, começaram as reservas nos hotéis da cidade e da praia e ainda em junho os aposentos estavam esgotados em todos os hotéis. “Não há vagas nos hotéis de Bragança para o final de semana do Carnabragança desde junho. É o primeiro final de semana de julho a ter todos os apartamentos ocupados todos os anos. A cidade realmente fica cheia nos dois dias de micareta. Falta hotel neste período”, disse Paulo José Costa, proprietário do Bragança Palace Hotel. 


Quem for ao Carnabragança pode optar por sair em um dos dois blocos, o Caju Açu e o Jangada, que desfilam juntos, atrás do mesmo trio elétrico, apenas com o abadás diferentes.


(José Clemente Schwartz/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS