Diário Online
Esporte
VALE A PERMANÊNCIA

Jogo da vida: pra cima deles Clube do Remo!

O Remo entra em campo pela última rodada da segunda divisão nacional, precisando vencer o Confiança para se manter na competição na próxima temporada

sábado, 27/11/2021, 21:30 - Atualizado em 27/11/2021, 21:39 - Autor: Nildo Lima/Diário do Pará


Caderno Bola, do Diário do Pará, deste domingo (28) traz a cobertura completa da "decisão"
Caderno Bola, do Diário do Pará, deste domingo (28) traz a cobertura completa da "decisão" | Diário do Pará

“Jogo do fico”, “Partida do ano”, “Duelo da Permanência”. Estas são apenas algumas das muitas denominações que o torcedor e, principalmente, a mídia, estão empregando para o confronto de hoje, às 16h, entre Clube do Remo e Confiança, no Baenão, valendo pela 38ª rodada da segunda divisão do Campeonato Brasileiro, a última da competição. Todas as nomeações demonstram fielmente a importância do encontro, mas apenas para o lado da equipe remista, que precisa de uma vitória para evitar o mal maior no campeonato, que seria a queda para a Série C de 2022, competição na qual o adversário já tem vaga garantida.

A permanência do Leão na Segundona é de vital importância para o prestígio do clube em termos esportivos, midiáticos e, mais ainda, no que diz respeito às finanças do clube. O rebaixamento de série representaria um duro golpe aos cofres do Mais Querido, que, logo de cara, perderia a bolada de quase R$7 milhões líquidos, valor da cota da televisão. Os azulinos, com a queda, também teriam o calendário de jogos do time em casa na Série C encurtado em, no mínimo, seis jogos e, no máximo, nove, o que representaria menos arrecadação de bilheteria.

A queda causaria, também, danos no que diz respeito ao prestígio do clube na mídia local, nacional e até internacional, visto que a Terceira Divisão, que não paga cota de televisão, está bem mais distante da elite do futebol brasileiro, não permitindo a mesma visibilidade de mídia. Mas toda essa avalanche de prejuízo pode ser evitada com uma vitória sobre o Confiança, que vem a Belém apenas para cumprir tabela, uma vez que já está rebaixado e se planeja para encarar, mais uma vez, a Terceirona no ano que vem.

Palmeiras vence e conquista o tricampeonato da Libertadores

Rony repete gesto com bandeira do Pará na comemoração

O vento que sopra antecedendo ao jogo decisivo é todo ele favorável aos azulinos, que no decorrer da reta final do campeonato, acabaram sendo beneficiados por resultados que diminuíram o risco de queda, hoje em 35%, segundo Infobola, e 26.8%, conforme o Chance de Gol, sites especializados no assunto. Outro aspecto favorável aos remistas diz respeito ao momento vivido pela equipe, que vem de um empate (2 a 2), fora de Belém, contra o Vasco-RJ, pelo Brasileiro, e uma vitória (3 a 0) sobre o Manaus-AM, que lhe garantiu na semifinal da Copa Verde.

Completando o momento literalmente azul do Leão, o técnico Eduardo Baptista tem à sua disposição a força máxima para enfrentar o adversário sergipano. Resta agora ao time, corresponder à confiança de sua torcida e fechar sua participação em alto astral na segunda divisão, com o passaporte de embarque para a edição de 2022 do campeonato carimbado.

 

Todo mundo espera por uma grande partida de Gedoz no jogo decisivo
Todo mundo espera por uma grande partida de Gedoz no jogo decisivo | Samara Miranda/Remo
 

RETROSPECTO

Histórico mostra superioridade remista

O fato de precisar de apenas uma vitória simples sobre o Confiança é apenas um dos pontos que conspiram a favor do Clube do Remo na luta contra o rebaixamento à Série C. O histórico do confronto entre as equipes, de 1977 a 2021, mostra uma significativa superioridade da equipe paraense diante do time sergipano. A última vitória do Leão aconteceu no dia 17 de agosto, quando o Leão aplicou 2 a 1 no mesmo adversário, em partida da 19º rodada da Série B. Todos os jogos valendo por competições oficiais, promovidas pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD), hoje Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Foram dez confrontos até aqui, valendo pelas Séries A, B e C do Brasileiro. Embora já tenham participado da Série D, as equipes jamais estiveram frente a frente no campeonato. No rol de partidas, a competição que registra o maior número delas é a Série C, com seis jogos. Os demais foram pela Primeira Divisão - uma vez - e Série B - três vezes. O placar mais expressivo registrado no histórico do encontro aconteceu no ano de 1992, quando o Leão, jogando em casa, aplicou 4 a 0 no visitante pela Série B.

A marca de gols dos azulinos, contra o Confiança, também é das mais positivas: 20 contra onze do oponente. Os remistas contam com sete vitórias, um empate e apenas duas derrotas. A maioria das partidas envolvendo as equipes aconteceu em Aracaju - seis jogos - e as demais em Belém.

Promessa é de time aguerrido em campo

 

Comportamento remista desde a chegada de Eduardo Baptista melhorou e o time tem mostrado bastante empenho
Comportamento remista desde a chegada de Eduardo Baptista melhorou e o time tem mostrado bastante empenho | Samara Miranda/Remo
 

MUDANÇA DE POSTURA

A chegada do técnico Eduardo Baptista ao Baenão até aqui tem se mostrado positiva para o Clube do Remo, muito embora o time ainda esteja lutando para permanecer na Série B do ano que vem. Em três jogos que esteve à frente da equipe, o treinador obteve uma vitória, pela Copa Verde, contra o Manaus-AM, e um empate diante do Vasco-RJ, pela Série B, sofrendo uma derrota frente ao Goiás-GO, também pelo Brasileiro. Mas, o que mudou mesmo após a vinda do treinador foi o comportamento da onzena remista, que acabou deixando a indolência de lado e se empenhando em campo.

“O importante foi o time retomar a confiança e se reencontrar com o caminho do gol”, afirma Baptista, que chegou ao Leão com prazo de validade estabelecido. Em princípio, ele só ficará no cargo até o final da participação do grupo na Copa Verde, sendo devolvido depois ao Mirassol-SP, com o qual tem contrato para o próximo Paulistão. O teste de fogo do treinador será diante do Confiança. Conseguindo manter o Leão na Segundona, Baptista terá alcançado o seu primeiro objetivo no comando azulino. Depois é chegar ao título inédito do torneio interestadual para o clube.

Para a partida diante do Confiança, o treinador pede aos seus jogadores foco total no adversário. O fato de Londrina e Vitória, que também lutam contra a queda, enfrentarem, no mesmo horário, Vasco e Vila Nova, explica o treinador, não deve mexer com a cabeça de seus comandados. “Não temos o controle sobre esses jogos. Não podemos interferir. Temos de interferir no nosso rendimento”, ensina o técnico, que acredita numa apresentação do Clube do Remo superior a que foi feita na vitória sobre o Manaus. “Estamos evoluindo de partida para partida. É esperar uma melhor apresentação a cada jogo seguinte”, afirma.

ADVERSÁRIO

Embora a campanha do time na Série B não tenha tido o desfecho esperado pelos simpatizantes do clube, o zagueiro Adalberto, que chegou à agremiação quando a situação já era crítica, em nenhum momento deixou de ter o respeito da torcida do Confiança. Líder nato, o jogador vem cobrando de seus companheiros uma apresentação digna na partida com o Clube do Remo para que a equipe se despeça da Segundona de maneira honrosa. “Para o Remo é como se fosse uma final, mas para a gente vale a dignidade, a honestidade à nossa profissão, que é muito boa, e vale honrar a camisa do Confiança”, diz o defensor.

Adalberto lamenta o fato de o Confiança não ter conseguido se manter na Série B para o ano que vem. “Estou triste pela situação de não ter conquistado o objetivo do clube que era permanecer na Série B”, admite. “Mas eu termino de cabeça erguida porque dei o meu melhor, nós demos o nosso melhor, porque o nosso grupo foi muito acima da média. Infelizmente não conquistamos a permanência”, ameniza o zagueiro. O líder do adversário azulino destaca que em campo, a equipe sergipana precisa, neste último jogo, dar o retorno à diretoria do clube. “Está todo mundo em dia, ninguém tem nada o que falar e temos que honrar da melhor maneira possível”, ensina Adalberto.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS