plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
CARIOCÁO

Gabigol perde pênalti e Vasco e Flamengo só empatam

Goleiro flamenguista salvou muitas vezes o time de levar a primeira derrota do ano

Imagem ilustrativa da notícia Gabigol perde pênalti e Vasco e Flamengo só empatam camera ( Reprodução )

Vasco e Flamengo se enfrentaram, neste domingo (4) em um clássico que teve boas chances, marcação forte e emoção, mas sem alteração no placar. Gabigol teve a bola do jogo nos pés, mas Leo Jardim defendeu pênalti cobrado aos 44 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, as duas equipes vão a nove pontos e ainda buscam alcançar o G4 da Taça Guanabara — time rubro-negro tem uma partida a menos.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Audax, na Arena da Amazônia, na quinta-feira, enquanto o Flamengo tem o clássico com o Botafogo, no Nilton Santos, na quarta-feira.

VOLTA DO MARACANÃ

Foi o primeiro jogo no Maracanã nesta temporada. O estádio estava fechado para alguns reparos, ainda assim o gramado sofreu com as fortes chuvas que caíram no Rio de Janeiro. O aquecimento dos goleiros do Flamengo, por exemplo, foi em meio a poças.

TROCA DE UNIFORME

O Vasco, mandante, utilizou o terceiro uniforme, em homenagem aos Camisas Negras. O Flamengo, por outro lado, começou com a tradicional camisa rubro-negra, mas voltou do intervalo com o segundo uniforme, de camisas brancas com finas listras vermelhas.

COMO FOI O JOGO

O Flamengo comandou o jogo no primeiro tempo. A equipe rubro-negra conseguiu pressionar a saída de bola do Vasco, que encontrou muitas dificuldades na criação de jogadas.

Estratégias diferentes. Com mais posse de bola, o time de Tite era superior no meio e teve boa presença no campo de ataque, mas faltou um capricho maior no momento de finalizar as jogadas. O Cruz-Maltino não conseguiu criar e passou a apostar nas ligações diretas, e avanços, principalmente, do lateral-esquerdo Lucas Piton.

Pouco antes do intervalo, boas chances para os dois lados. O Flamengo perdeu em cabeçada de Fabrício Bruno e finalização de Pedro, que foram para fora. Vasco viu Léo Pereira salvar em cima da linha cabeçada de Vegetti.

Na volta do intervalo, os dois times encontraram mais espaços e criaram boas oportunidades. Em uma delas, Vegetti perdeu uma chance daquelas difíceis de acreditar. Com a entrada de Bruno Henrique e Gabigol, a conhecida jogada da dupla — com avanço de Bruno pela esquerda e Gabigol como referência na área —passou a ser a maior arma rubro-negra.

LANCES IMPORTANTES

Aos 35 minutos do primeiro tempo, Cebolinha recebeu no meio de campo, viu Leo Jardim adiantado e arriscou, mas o goleiro do Vasco voltou a tempo para fazer a defesa.

Bomba! Aos 38 minutos do primeiro tempo, Payet dominou no bico da área, cortou para o meio e chutou. A bola explodiu em Pulgar e saiu.

Aos 43 minutos do primeiro tempo, Arrascaeta cobrou escanteio, Fabrício Bruno subiu sem marcação na pequena área e cabeceou, mas mandou por cima do gol.

Quase. Aos 44 minutos do 1º tempo, Pedro recebe em velocidade, domina e bate, mas manda para fora.

Aos 45 minutos do primeiro tempo, Piton cruzou e Vegetti cabeceou. A bola passou pelo goleiro Rossi e Léo Pereira tirou em cima da linha.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Pintou cruzou, a bola passou por Rossi, bateu em Varela e sobrou para Vegetti. O atacante desvia, e Leo Pereira tira em cima da linha. A bola bate, volta, toca na trave, Leo Pereira trava e Rossi defende.

Aos 22 minutos do segundo tempo, Bruno Henrique recebeu na ponta esquerda e cruzou para Gabigol. O camisa 10 desviou e a bola parou na marcação vascaína.

Aos 44 minutos do segundo tempo, a arbitragem marcou pênalti em falta de João Victor em Arrascaeta. Gabigol cobrou e Leo Jardim defendeu.

VASCO

Leo Jardim; Paulo Henrique, João Victor, Medel (Rojas), Leo e Lucas Piton; Zé Gabriel, Jair (Matheus Carvalho) e Payet; David (Adson) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz

FLAMENGO

Rossi; Wesley, Fabrício Bruno, Léo Pereira e Varela; Pulgar, Gerson e Arrascaeta; De La Cruz (Luiz Araújo), Everton Cebolinha (Bruno Henrique) e Pedro (Gabigol). Técnico: Tite

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães

Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Gustavo Mota Correia

Cartões amarelos: Leo, David, Payet, Matheus Carvalho, Paulo Henrique, João Victor (VAS); Pulgar, Gerson (FLA)

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Esporte

Leia mais notícias de Esporte. Clique aqui!

Últimas Notícias