Esporte / Esporte Brasil
MARKETING?

MMA: luta entre homem e mulher não ocorre e fãs criticam

Problemas com a transmissão inviabilizou o duelo histórico

segunda-feira, 29/03/2021, 11:53 - Atualizado em 29/03/2021, 11:53 - Autor: Com informações UOL


Gabi Garcia e seu adversário Craig Jones |
Gabi Garcia e seu adversário Craig Jones | | Reprodução

Fãs das artes marciais ficaram chateados após a grande espera pela luta agarrada intergênero entre a brasileira faixa-preta de Jiu-Jitsu Gabi Garcia e o australiano Craig Jones. O duelo estava marcado para o último domingo 928), em Los Angeles (EUA), mas não ocorreu.  

Os dois promoveram uma live para explicar os motivos, diante de fãs raivosos que os acusavam de mentir e usar a luta como marketing. Gabi reafirmou que está falando sério e que o encontro dos dois no tatame vai acontecer. Mas disse que receberam mais de 30 mil mensagens e que não teriam plataforma apropriada para transmitir a luta para um público tão grande. 

Gabi também justificou em seu instagram a não realização da luta

 

|
 

O máximo que ocorreu foi uma tentativa de quebra de braço entre os lutadores.

Gabi é uma das maiores lendas do Jiu-Jitsu mundial. Aos 35 anos, ela faz parte do Hall da Fama da IBJJF e é considerada um dos maiores nomes da história do Jiu-Jitsu feminino, somando nove títulos no Mundial e quatro no ADCC. Em 2015, a faixa-preta formada por Fábio Gurgel migrou para o MMA, onde segue invicta: são seis vitórias e uma sem resultado.

O australiano prometeu se aposentar caso perca para Gabi. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS