Diário Online
Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
DEU LEÃO AZUL

Remo vence o Avaí no duelo entre Leões e cola no Vasco

Azulinos venceram o rival por 2 a 1 em jogo com ações do VAR e expulsões; Clube de Periçá consegue sua segunda vitória seguida, chega aos 33 pontos e tem novos desfalques

quinta-feira, 16/09/2021, 23:34 - Atualizado em 17/09/2021, 06:19 - Autor: Kaio Rodrigues


Imagem ilustrativa da notícia Remo vence o Avaí no duelo entre Leões e cola no Vasco
| Samara Miranda/Remo

O Clube do Remo venceu o Avaí pelo placar de 2 a 1, na noite desta quinta-feira (16), pela 24ª rodada da Série B do Brasileiro. Os azulinos chegam aos 33 pontos na classificação e permanecem na 11ª colocação. O  Avaí cai para sexto e pode terminar a rodada em oitavo. Os gols do Leão Azul foram marcados por Victor Andrade e Alemão contra. Quem descontou para o Leão da Ilha foi Edilson.

VEJA COMO FOI O LANCE A LANCE

Como já é costume, Felipe Conceição contou com desfalques. Thiago Ennes, Kevem, Igor Fernandes, Anderson Uchôa e Erick Flores estão todos no NASP (Núcleo Azulino de Saúde e Performance). Com isso, Wellington Silva apareceu na direita, Marlon, mesmo com Romércio e Edu relacionados, foi mantido na zaga, Marcos Júnior ocupou a vaga de Uchôa e Victor Andrade retornou para o ataque após cumprir suspensão.

O primeiro tempo foi bem sonolento e o gol só saiu nos minutos finais da etapa, quando os azulinos aproveitaram a desorganização na defesa adversária. O segundo tempo voltou mais elétrico. Gol de empate de pênalti após análise do VAR, expulsões e gol contra. No fim, deu tudo certo para o Leão Azul, que somou mais três pontos na classificação. Marcos Júnior e Victor Andrade estão suspensos para o jogo contra o Guarani, na próxima rodada.

Primeiro Tempo

O jogo começou com o Avaí deixando buracos para o Remo sair jogando e os azulinos conseguiam espaços entre a defesa e o meio de campo adversário de uma maneira rápida, sempre com ligações para Victor Andrade e Felipe Gedoz. Por outro lado, o Leão da Ilha procurava sempre Vinícius Leite na ponta esquerda e via a marcação dobrar.

A melhor chance do primeiro havia sido em uma falta, aos 14 minutos. Na entrada da área, Gedoz rolou e Marlon acertou uma bomba. Glédson espalmou para fora. As equipes seguiam com pouca produção. Ambas possuíam dificuldades no último terço do campo e apelavam para os cruzamentos. Entretanto, as defesas continuavam soberanas.

As equipes foram caminhando para o final dos primeiros 45 minutos e nada mudava. O Remo tinha oportunidades em bolas paradas, mas sem sucesso. O Avaí não conseguia uma rápida transição ofensiva e via a defesa azulina se recompor rapidamente, o que dificultava para os atacantes. Quando tudo parecia que ia acabar empatado, Victor Andrade recebeu belo passe e bateu na saída do goleiro, abrindo o placar. No lance seguinte, Vinícius Leite ia empatando após fazer cruzamento e Vinícius quase ser traído pelo gramado.

Segundo Tempo

Na segunda etapa as equipes voltaram com as mesmas dificuldades e sem intensidade, o que deixava o jogo lento. O Remo procurava se segurar e tentar alguns contra-ataques, mas sem êxito. Já o Avaí não conseguia levar perigo ao gol de Vinícius. No entanto, o cenário foi dando confiança à equipe de Claudinei Oliveira.

Aos nove minutos, Edilson cobrou falta da intermediária, Vinícius deu rebote e na dividida, Marlon chutou a cabeça de Copete. Após ser chamado pelo VAR e demorar dois minutos, o árbitro José Mendonça da Silva Junior marcou pênalti. Na cobrança, o próprio Edilson bateu, Vinícius defendeu, mas no rebote o lateral empurrou para o fundo das redes, deixando tudo igual no marcador, aos 15 minutos.

Cinco minutos depois, Victor Andrade, que tinha acabado de ser substituído, xingou o bandeirinha, segundo informou o quarto árbitro Olivaldo Jose Alves Moraes, foi expulso direto e vai desfalcar, novamente, o Leão Azul, desta vez contra o Guarani. O Remo voltou a buscar o jogo e foi para o ataque, aproveitando a desconcentração do Avaí.

Aos 26, após escanteio curto, Pingo cruzou e Alemão desviou para o fundo do gol, marcando contra e colocando o Filho da Glória e do Triunfo na frente do placar, novamente. O jogo voltou a ficar truncado. O Avaí se atirou para o ataque, no entanto, com um a menos, após Edilson ser expulso por indisciplina, sentia dificuldades e errava muitos passes. O Remo buscava os contra-golpes e ficou perto de marcar o terceiro nos últimos instantes, mas ninguém mexeu no placar.

Próximos Compromissos

Na 25ª rodada da Série B do Brasileiro, os azulinos vão até o Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas-SP, para encarar o Guarani. No primeiro turno, em jogo realizado no Baenão, empate sem gols. A partida acontece na próxima terça-feira, dia 21, a partir das 16h. Já o Avaí recebe o Goiás na Ressaca, no mesmo dia, às 19h.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS