Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
SKATE

Rayssa Leal fatura 2ª etapa da Street League nos EUA

A brasileira de 13 anos, medalhista de prata nos Jogos, tornou-se a primeira skatista a vencer duas etapas consecutivas do principal circuito da modalidade street, sediado nos Estados Unidos e que conta com as melhores atletas do mundo.

sábado, 30/10/2021, 19:29 - Atualizado em 30/10/2021, 19:28 - Autor: FOLHAPRESS


Rayssa Leal ao lado das japonesas Momiji Nishiya (à esq.) e Funa Nakayama no pódio da etapa de Lake Hanasu do Mundial de skate street
Rayssa Leal ao lado das japonesas Momiji Nishiya (à esq.) e Funa Nakayama no pódio da etapa de Lake Hanasu do Mundial de skate street | Reprodução/Twitter Street League

Com talento e sangue frio, Rayssa Leal está cada vez mais dominante no skate street. Neste sábado (30), ela venceu a segunda etapa da temporada 2021 da SLS (Street League Skateboarding), que foi aberta no fim de agosto, após as Olimpíadas de Tóquio. Com 19,2 pontos em Lake Havasu (Arizona), ela superou as japonesas Momiji Nishiya (18,5) e Funa Nakayama (16,1), que também formaram o pódio olímpico. Em Tóquio, Nishiya, de 14 anos (na época tinha 13), foi ouro, e Nakayama, 16, bronze.

Pâmela Rosa, 22, ficou na quarta posição em Lake Havasu, também com soma 16,1. Gabriela Mazetto, 24, de volta às competições após o nascimento de sua filha, conseguiu alcançar a sexta posição. Leticia Bufoni, 28, não avançou à final. Assim como já havia acontecido etapa anterior da SLS, em Salt Lake City, Rayssa precisou desbancar uma rival na última manobra. Na ocasião, quem estava à frente era Nakayama, e a brasileira conseguiu uma impressionante nota 8,5 (mais alta da história da competição).

Desta vez, a maranhense de Imperatriz, que passou quase toda a final na primeira posição, precisava de 5,7 para retomar a liderança de Nishiya, pois a japonesa havia acabado de conseguir uma nota 8. Concentrada, ela fez acima do que precisava (6,3) e correu para abraçar a amiga Leticia Bufoni enquanto esperava pela avaliação dos jurados.Rayssa, que agora soma três conquistas na SLS (a primeira foi em 2019), segue na liderança da temporada e já está garantida na final do Super Crown World Championship, como é chamada a etapa decisiva do circuito. Ela será realizada nos dias 13 e 14 de novembro, em Jacksonville (Flórida).

A final masculina de Lake Havasu será realizada ainda neste sábado. Dois brasileiros estarão na disputa: Felipe Gustavo e Lucas Rabelo.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS