Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
DE OLHO NA LIBERTADORES

Flu vence América-MG  e mantém sonho da vaga na Libertadores

Em confronto direto, Tricolor faz o dever de casa e vence por 2 a 0 o Coelho, no Maracanã.

domingo, 21/11/2021, 20:06 - Atualizado em 21/11/2021, 20:06 - Autor: Com informações de Ig Esporte


Luiz Henrique e Fred marcaram os gols da vitória dos cariocas
Luiz Henrique e Fred marcaram os gols da vitória dos cariocas | Divulgação/Fluminense

No Maracanã, o Fluminense ganhou do América-MG por 2 a 0 hoje (21). Luiz Henrique abriu o placar no fim do primeiro tempo em um lance que a zaga adversária ficou congelada e Fred, de pênalti na segunda etapa, deu números finais a partida da 34ª rodada do Brasileirão. Com o resultado, o Tricolor ultrapassa o Internacional e chega ao sétimo lugar, com 48 pontos. Já o clube mineiro cai um posto e fica na 10ª posição, com 45.

O Tricolor volta a campo na próxima quarta (24), às 21h30, quando recebe justamente o Colorado no Maracanã pela 35ª rodada. Já a equipe mineira atuará em um duelo da 36ª rodada. No sábado (27), às 19h30, visita o Bragantino no Nabi Abi Chedid.

Quem foi bem: Luiz Henrique

Marcou o gol, correu o tempo todo que esteve em campo e deu trabalho para a defesa do rival. Luiz Henrique teve uma boa atuação e, de maca, deixou o gramado aos 21 minutos da segunda etapa sendo ovacionado pela torcida.

Quem foi mal: Ademir

Não conseguiu ditar o ritmo de jogo para os visitantes. Sem espaço para trabalhar até o intervalo, também não foi bem na segunda etapa, quando o América-MG atacou, contudo de forma não muito organizada.

Fred passa desapercebido até marcar

Desfalque por suspensão na derrota por 1 a 0 para o Juventude na última quarta (17), o centroavante voltou bem apagado hoje (21). Fred ajudou muito a puxar a marcação, mas pouco participou ativamente do jogo. No entanto, o centroavante bateu o pênalti aos 37 minutos do segundo tempo e anotou o segundo gol para o Tricolor.

Ataque aéreo

Depois de muito estudo nos primeiros minutos da partida, o time da casa tinha mais a posse e ameaçava principalmente nas jogadas pelo alto. O Coelho cedeu ao domínio do Tricolor e conseguiu finalizar pela primeira vez somente aos 32 minutos, com Felipe Azevedo.

Zaga do Coelho congela e Tricolor marca

Aos 42 minutos, o Fluminense levantou mais uma vez a bola na área, em uma cobrança de falta de Marlon, da esquerda. A defesa do América-MG saiu para deixar os jogadores do Flu em impedimento, mas errou o tempo da saída e Caio Paulista conseguiu desviar. Nino pegou a sobra e, na saída do goleiro, rolou para Luiz Henrique que estava atrás da linha da bola estufar a rede e abrir o placar. A jogada ainda foi analisada por cerca de dois minutos pelo VAR.

Fluminense se fecha bem e aproveita outro erro

O América-MG voltou com ímpeto maior no início da segunda etapa e tentou se lançar ao ataque. O Tricolor se defendeu bem e conseguiu ter um pouco a bola e frequentar o campo ofensivo. Com o tempo andando, o Coelho foi perdendo o ritmo e ficou mais fácil para os mandantes administrar a vitória. Cazares tocou para Arias entrar em velocidade na área aos 34 minutos.

Na corrida, ele foi tocado por Eduardo Bauermann e desmoronou. Depois de mais checagem longa do árbitro de vídeo, Fred bateu no canto esquerdo do goleiro e não deu qualquer chance de defesa para Cavichioli, que saltou no lado certo.

Ato contra o racismo

Um dia depois do Dia da Consciência Negra, os jogadores do Fluminense e do América-MG aproveitaram o minuto de silêncio antes da bola rolar para se manifestar. Os atletas ajoelharam e ergueram os punhos para apoiar a luta contra o racismo.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 2 x 0 AMÉRICA-MG

Data: 21/11/2021 (domingo)

Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ); Hora: 17h (de Brasília);

Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC);

Auxiliares: Victor Hugo Imazu dos Santos (PR) e Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE);

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO).

Gols: Luiz Henrique (42'/1ºT) e Fred (37'/2ºT) para o Fluminense.

Cartões amarelos: André (FLU); Alê, Juninho (AME).

Fluminense: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino (Luccas Claro), David Braz e Marlon; André, Martinelli (Nonato), Yago; Luiz Henrique (Arias), Caio Paulista (Cazares) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão.

América-MG: Matheus Cavichioli, Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva, Marlon (Alan Ruschel); Lucas Kal (Yan Sasse), Juninho, Alê (Marcelo Toscano); Ademir, Zárate (Fabrício Daniel) e Felipe Azevedo (Carlos Alberto). Técnico: Marquinhos Santos.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS