Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
FIM DE UM CICLO

Botafogo devolve ao governo histórico estádio Caio Martins

Foi no estádio de Niterói que o alvinegro conquistou a Conmebol de 1993 e o Campeonato Brasileiro de 1995, sendo este o último título de expressão do clube.

sábado, 01/01/2022, 17:45 - Atualizado em 01/01/2022, 17:45 - Autor: Com informações de UOL Esporte e A Tribuna de Niterói


Estádio Caio Martins, que por muitos anos foi casa do Botafogo
Estádio Caio Martins, que por muitos anos foi casa do Botafogo | Divulgação

Após 33 anos de administração, o Botafogo oficializou a devolução do estádio do Caio Martins ao Governo do Estado do RJ. A transferência ocorreu em decreto do governador Cláudio Castro (PL-RJ), a concessão valia até 2027, mas um acordo entre as partes antecipou a devolução no de 2021. Após a concessão do Estádio Nilton Santos, em 2007, o Botafogo parou de utilizar o estádio e com isso passou a mandar os seus jogos no atual lugar. Atualmente, o estádio abrigou partidas do futebol feminino do Botafogo sem a presença do público.

Além disso, o Estádio Caio Martins viveu momentos de glória com o Botafogo. Foi no estádio de Niterói, que o alvinegro conquistou a Conmebol de 1993 e o Campeonato Brasileiro de 1995 sendo o último título de expressão do clube. A tendência agora, é que o estádio seja utilizado pelo Canto do Rio, time de Niterói que sonha em jogar no Caio Martins.

O diretor de futebol do clube, Raphael Soriano, disse que o clube irá decidir se irá se inscrever novamente, na Série C do Campeonato Carioca nos próximos dias. “Ainda não está 100% a decisão de disputar o profissional, mas a gente está com conversas iniciadas para poder viabilizar. A gente entende que não adianta vir de qualquer maneira. Temos que estar estruturados. A gente está em conversas, temos algumas boas ideias que estão caminhando. Tivemos um ano de planejamento, mas acho que vai dar certo para 2022”, disse Soriano.

Sobre o Caio Martins, o diretor acredita que não terá dificuldades para negociar que o “Cantusca” mande seus jogos no principal gramado da cidade, contudo ele demonstra cautela devido à necessidade de laudos que permitam a realização de eventos. “A ideia é colocar os jogos no Caio Martins. Inclusive a gente está com algumas situações para abrir conversa. O que pode travar não é nem a gente conseguir (a liberação para usar) o Caio Martins, mas as certidões de liberação para os jogos. Não sei se haveria tempo hábil para tirar, mas a ideia é colocar no Caio Martins sim”, frisou Soriano.

 

Cópia do Decreto
Cópia do Decreto | Divulgação
  

A última “volta” do Canto do Rio ao futebol profissional terminou de maneira frustrante. Faltando dois dias para o início do Campeonato Carioca da Série C, o Cantusca oficializou a desistência da competição por falta de recursos. No entanto, o dirigente afirma que isto não será um impeditivo para uma nova inscrição, já que, naquela ocasião, o futebol ainda sentia, de forma mais severa, os impactos da pandemia da Covid-19.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS