Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
MELHORES DO ANO

Prêmio da FIFA tem Guardiola, Tuchel e Mancini na final

O vencedor será conhecido em cerimônia marcada para o dia 17 deste mês, em Zurique, na Suíça

quinta-feira, 06/01/2022, 16:30 - Atualizado em 06/01/2022, 16:30 - Autor: Futebol Interior


O vencedor será conhecido em cerimônia marcada para o dia 17 deste mês, em Zurique, na Suíça.
O vencedor será conhecido em cerimônia marcada para o dia 17 deste mês, em Zurique, na Suíça. | Reprodução/FIFA

A Fifa anunciou nesta quinta-feira a lista dos finalistas de melhor técnico masculino e feminino de 2021. Concorrem ao prêmio The Best Pep Guardiola, do Manchester City, Thomas Tuchel, do Chelsea, e Roberto Mancini, da seleção da Itália. O vencedor será conhecido em cerimônia marcada para o dia 17 deste mês, em Zurique, na Suíça.

Sem Alisson, FIFA indica os melhores goleiros da temporada de 2021

DOMÍNIO EUROPEU

Curiosamente, Tuchel superou Guardiola na última final da Liga dos Campeões. Na ocasião, o Chelsea derrotou o City e ficou com o título. O treinador espanhol, contudo, tem a seu favor o título do Campeonato Inglês na última temporada – o rival de Londres foi apenas o quarto colocado na competição nacional.

O domínio europeu na lista de finalistas foi confirmado pela presença de Mancini, responsável por levar a Itália ao título da Eurocopa. Ficou fora da lista o técnico Lionel Scaloni, que comandou a Argentina na conquista da Copa América, no mesmo ano, em solo brasileiro.

PROJEÇÃO

Eleito o melhor técnico de 2021 pela Uefa, Tuchel é o favorito para levar também a premiação da Fifa. O atual vencedor do The Best é o alemão Jürgen Klopp, que não conseguiu repetir no último ano as conquistas obtidas pelo Liverpool nas temporadas anteriores.

No feminino, os finalistas são o espanhol Lluís Cortés, do Barcelona, a inglesa Emma Hayes, do Chelsea, e a holandesa Sarina Wiegman, que deixou o comando da seleção do seu país para comandar a Inglaterra logo após a Olimpíada de Tóquio, em agosto do ano passado. A lista não conta com a inglesa Beverly Priestman, que levou a seleção do Canadá à medalha de ouro em Tóquio.

Cortés é o principal candidato ao prêmio porque o time feminino do Barcelona foi o campeão da Liga dos Campeões da Europa. Na final, venceu justamente o Chelsea, de Emma Hayes.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS