Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
CAMISA 24

Homofobia: Flamengo é denunciado por grupo LGBTQIA+ 

O Grupo Arco-Íris alega que a ausência da camisa com a numeração 24 é uma forma de discriminação. "Nem toda homofobia é explícita", diz o presidente da entidade Cláudio Nascimento.

segunda-feira, 10/01/2022, 16:25 - Atualizado em 10/01/2022, 16:25 - Autor: DOL


Imagem ilustrativa da notícia: Homofobia: Flamengo é denunciado por grupo LGBTQIA+ 
| Ascom Flamengo

O Flamengo foi denunciado por prática homofóbica por não fazer uso da camisa de número 24 na Copa São Paulo de Futebol Júnior. A denúncia já chegou nas mãos da Procuradoria de Justiça Desportiva do Estado de São Paulo e foi assinada pelo advogado Carlos Nicodemos.

O denunciante foi o Grupo Arco-Íris. O grupo alega que o número não vem sendo usado por ser vinculado ao animal veado no Jogo do Bicho. A numeração jocosamente é usada para ofender homens gays ou de outra orientação sexual pertencente à comunidade LGBTQIA+.

“Nem toda homofobia é explícita. Muitas vezes, está implícita e disfarçada. A imagem que fica marcada não é a de um eventual dirigente ou atleta com uma suposta prática homofóbica, mas uma eventual suposta prática de discriminação homofóbica institucional”, destacou Cláudio Nascimento, presidente do Grupo Arco-Íris, ao O Globo.

NUMERAÇÃO

 

|
  

Apesar da denúncia, o Flamengo, que ainda não se pronunciou sobre o caso, não faz uso de outros números, além do 24. A exemplo das camisas 12 e 16.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS