Diário Online
Esporte / Esporte Brasil
BORA, LEÃO!

Remo x Mirassol: reação azulina precisa ser imediata 

Clube do Remo não pode sequer pensar em outro resultado que não seja a vitória, hoje, no Baenão, diante do Mirassol, líder da Terceirona, sob pena de se afundar em uma crise

domingo, 15/05/2022, 05:38 - Atualizado em 15/05/2022, 07:20 - Autor: Matheus Miranda / Diário do Pará

Google News

Vinícius diz que o grupo só pensa no acesso
Vinícius diz que o grupo só pensa no acesso | Samara Miranda (Remo)

Nesta tarde, a partir das 17h, o Clube do Remo encara o Mirassol-SP, no seu retorno a Belém após três partidas longe do seus domínios, com uma única meta para o compromisso válido pela sexta rodada da Série C do Campeonato Brasileiro: garantir a pontuação máxima e com uma atuação convincente para voltar a figurar no G8 da competição. Qualquer outro resultado deverá gerar desligamentos no seu plantel, especialmente no comando técnico, já que o treinador Paulo Bonamigo está mais na corda bamba do que atleta de slackline.

Com atuações ruins, com indícios claros de uma equipe mal treinada e com péssimo poder de reação e de imposição, com base na sua média de criação de jogadas pouco aproveitadas em termos de bola na rede, o Leão Azul espera encerrar todos esses itens negativos atreladas à sua campanha frente ao líder invicto da competição.

Único atleta que deixou vivo o sonho de avanço na Copa do Brasil no meio da última semana, o goleiro Vinícius minimizou o baque da eliminação recente com o foco para o futuro azulino no gramado, pela Terceirona. “A gente passa a borracha na Copa do Brasil e o foco agora é a Série C. A gente fica feliz pela atuação, mas triste pelo resultado. Mesmo não sendo favorito contra o Cruzeiro, uma equipe superior a nossa, a gente tinha uma expectativa grande de classificação. Mas domingo (hoje) já temos uma partida importante pela Série C. É focar total no nosso objetivo que é o acesso. Vamos já buscar a vitória, pontuar e subir na tabela”, avalia.

Pela segunda vez consecutiva indo de encontro a um rival que vive momento excelente na temporada, o Leão Azul, ainda assim, garante que vai para o jogo com tudo. “A gente sabe que vai enfrentar uma boa equipe, mas em casa temos que nos impor. Temos um objetivo muito grande na competição e temos que voltar a vencer”, diz o camisa 1.

A gente passa a borracha na Copa do Brasil e o foco agora é a Série C (...) Vamos já buscar a vitória, pontuar e subirna tabela.

AMEAÇADO

O compromisso de hoje, pela Série C, será de redenção para o Clube do Remo, seja no aspecto coletivo ou individual. E nesse último ponto, a atitude da equipe e a pontuação máxima falarão mais alto na avaliação da torcida em relação ao técnico Paulo Bonamigo, pressionado de tudo quanto é lado, do que as suas palavras pré e pós-jogo.

 

Paulo Bonamigo é alvo de críticas dos torcedores azulinos
Paulo Bonamigo é alvo de críticas dos torcedores azulinos | WAGNER ALMEIDA
 


Sem conseguir engatar com o time em uma sequência de resultados importantes ou com apresentações minimamente razoáveis, o comandante tem sido apontado como o responsável pela baixa produtividade do time, mesmo com um elenco considerado interessante em comparação aos demais concorrentes da competição nacional. Até por isso, ciente de que só há esperança agora pela Terceirona, Bonamigo fez questão de demonstrar foco total no acesso. “Estamos no caminho certo. É pensar na Série C agora que é o nosso maior projeto nesta temporada”, frisou.

Fragilizado pela cobrança incessante e pelos resultados ruins na bagagem, Paulo Bonamigo reiterou que este é o momento de juntar os cacos e tirar lições dessa tempestade vivida pelo Leão Azul. “Já começamos no vestiário (contra o Cruzeiro) a resgatar o máximo do emocional. A gente sabe que não tem muito tempo, temos que assimilar o mais rápido possível. Acho que era um desejo de todos entrar para a história do Clube do Remo. Mas ficamos pelos detalhes (na Copa do Brasil)”, disse.

+MIRASSOL

l Líder do campeonato, o Mirassol-SP tem a chance, nesta tarde (15), de manter a sua invencibilidade. Com duas vitórias consecutivas, a equipe espera fazer valer o seu bom momento e somar a pontuação máxima. O técnico Ricardo Catalá, contudo, acredita em um embate complicado do começo ao fim. Sem nenhum desfalque de peso, o comandante pregou respeito ao Leão Azul, independente do momento irregular vivido pelo adversário no gramado. “Espero um jogo dificílimo, mas temos condições de estar à altura do desafio e competir bem. Resultado ninguém pode prometer, mas vamos competir, fazer o nosso melhor e procurar os três pontos. Vamos enfrentar uma equipe, que no papel, é uma das candidatas ao acesso. Vamos buscar fazer o nosso trabalho da melhor forma com bastante disciplina e humildade”, disse o comandante.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS