plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 25°
cotação atual R$


home
MUITAS EMOÇÕES

Corinthians vira, respira, e Vasco vê sombra do Z-4 crescer

Vasco esteve na frente do placar duas vezes, mas recuou e deu moral para o Corinthians; Arbitragem deixou de marcar um pênalti claro para os cariocas quando o placar apontava 3 a 2

Imagem ilustrativa da notícia Corinthians vira, respira, e Vasco vê sombra do Z-4 crescer camera @rodrigo_coca/Corinthians

O Corinthians venceu o Vasco de virada por 4 a 2, nesta terça-feira (28), em partida agitada em São Januário, na abertura da 36ª rodada do Brasileirão. O time da casa ficou à frente no placar duas vezes, mas o Alvinegro paulista se salvou e aumentou o drama do Cruzmaltino com a ameaça do Z4.

Romero brilhou com dois gols, e Moscardo e Giovane anotaram na virada do Corinthians. O atacante paraguaio marcou pela quarta vez nos últimos quatro jogos, enquanto as Crias da base balançaram a rede pela primeira vez no profissional do clube.

Puma Rodríguez e Vegetti fizeram para o time da casa, aos 3 e aos 23 minutos do primeiro tempo, respectivamente. Lucas Piton, ex-Corinthians, deu a assistência para o primeiro tento, e o próprio Pumita deu o passe para o segundo.

O Corinthians chegou a 47 pontos, pulou para a 11ª posição e respira mais aliviado. O time comandado por Mano Menezes praticamente confirmou a sua permanência na Série A e abriu parcialmente seis de distância para o Bahia, primeiro time no Z4.

Já o Vasco permaneceu com 42 e pode terminar a rodada na zona perigosa. O Cruzmaltino voltará à 17ª colocação em caso de vitória ou empate do Bahia, que enfrenta o São Paulo nesta quarta, às 20h (de Brasília), na Fonte Nova.

Os dois times voltam a campo no final de semana. O Alvinegro paulista recebe o Inter no sábado (2), às 18h, na Neo Química Arena, enquanto o Cruzmaltino visita o Grêmio no domingo, às 18h30.

O Corinthians manteve a invencibilidade de 13 anos sobre o adversário. Os paulistas não perdem para o Vasco desde outubro de 2010, e o tabu segue por pelo menos mais um ano.

O JOGO

  • O Vasco teve os primeiros minutos dos sonhos. O time da casa se impôs, acuou o adversário e saiu na frente em início arrasador. Os visitantes mal viram a cor da bola até ficar em desvantagem no placar. O gol de Puma fez São Januário explodir.
  • O Corinthians reagiu e respondeu rápido. O Cruzmaltino recuou, deu espaço para os visitantes crescerem e o empate veio dez minutos depois, em jogada pelo meio e com vacilo da zaga vascaína.
  • O jogo, então, passou a ficar lá e cá até Vegetti desequilibrar. O argentino ativou o faro goleador e balançou a rede em jogada que parecia despretensiosa com a defesa corintiana povoando a própria área.
  • Novamente atrás, o Corinthians voltou a controlar a posse e empatou com mais um de Romero. A equipe de Mano Menezes melhorou na reta final do primeiro tempo, pressionou e contou com um roteiro parecido e com o atacante paraguaio mais uma vez decisivo.
  • A intensidade depois do intervalo diminuiu, e a partida ficou morna até a virada. O gol de Moscardo foi um balde de água fria para os vascaínos, que ficaram em situação complicada.
  • A torcida mandante tentou incentivar com gritos de "O Vasco é o time da virada", mas a reação não veio e os visitantes ainda ampliaram. Os jogadores vascaínos se desorganizaram, o chuveirinho para a área não funcionou e o quarto gol definiu o resultado.

CONFUSÃO NO FIM

  • Logo após o quarto gol, o clima esquentou e teve início uma discussão e posterior confusão na arquibancada de São Januário. Seguranças do estádio tiveram de intervir.
  • Torcedores começaram a atirar objetos no gramado e a partida ficou paralisada por quatro minutos. Vegetti discutiu com o banco de reservas do Corinthians e foi amarelado. A partida foi retomada e o Corinthians ainda quase fez o quinto.

GOL E DESTAQUES

  • 1x0. Aos 3min, Payet ficou com a bola no campo de ataque e abriu com Piton na esquerda. O lateral calibrou o pé e mandou um cruzamento açucarado, que sobrevoou a área e encontrou Puma livre. O uruguaio cabeceou para baixo, cruzado, a bola bateu no gramado e foi parar na bochecha da rede.
  • Medel salva. Aos 9min, Yuri Alberto tabelou com Romero e recebeu em profundidade. O camisa 9 invadiu a área e encheu o pé, mas foi travado por carrinho providencial de Medel para mandar para a linha de fundo.
  • 1x1. Aos 13min, Yuri Alberto desviou de calcanhar no pivô, Giuliano venceu o bate-rebate na entrada da área e tocou de cabeça para Romero. O camisa 11 do Corinthians testou firma, no cantinho, para igualar.
  • 2x1. Aos 24min, Puma recebeu próximo da linha lateral na direita, ajeitou e mandou um cruzamento para a área. Vegetti antecipou Lucas Veríssimo e emendou uma espécie de voleio para surpreender Cássio e deixar o Vasco novamente à frente.
  • 2x2. Aos 45min, Fagner cobrou escanteio pela direita, Veríssimo cabeceou quase na marca do pênalti e Romero desviou na pequena área para empatar novamente a partida.
  • 3x2. Aos 15min do segundo tempo. Renato Augusto recebeu com espaço na intermediária, fingiu o chute e abriu para Moscardo. A joia corintiana ajeitou e mandou uma sapatada cruzada, que contou com leve desvio em Capasso para morrer no fundo da rede.
  • 4x2. Aos 48min, Matheus Araújo recebeu na ponta, passou sem dificuldade por Zé Vitor e tocou para Giovane, que só empurrou para decretar a vitória.

Ficha técnica: Vasco 2 x 4 Corinthians

VASCO

Léo Jardim; Puma Rodríguez (Paulo Henrique), Capasso (Zé Vitor), Medel e Lucas Piton; Zé Gabriel, Jair (Sebastián Ferreira) e Paulinho (Rossi); Payet, Vegetti e Gabriel Pec (Alex Teixeira). T.: Ramon Díaz

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Lucas Veríssimo, Caetano e Fábio Santos; Maycon (Cantillo), Gabriel Moscardo, Renato Augusto (Bruno Méndez), Giuliano (Wesley) e Romero (Giovane); Yuri Alberto (Matheus Araújo). T.: Mano Menezes

  • Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
  • Juiz: Savio Pereira Sampaio
  • Assistentes: Leila Naiara Moreira e Kleber Lucio Gil
  • Cartões amarelos: Yuri Alberto (Corinthians); Capasso, Lucas Piton (Vasco)
  • Gols: Puma Rodríguez, aos 3min/1ºT, e Vegetti, aos 23min/1ºT (Vasco); Romero, aos 13min/1ºT e aos 45min/1ºT, Moscardo, aos 15min/2ºT, e Giovane, aos 48min/2ºT (Corinthians)
VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Esporte Brasil

Leia mais notícias de Esporte Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias