plus

Edição do dia

Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo 32°
cotação atual R$


home
SEM PROVAS

Dono do Botafogo acusa jogadores do São Paulo de manipulação

John Textor, proprietário da SAF Botafogo, lança acusações baseadas em inteligência artificial contra atletas de clubes rivais, desencadeando reações e medidas legais das equipes afetadas.

Imagem ilustrativa da notícia Dono do Botafogo acusa jogadores do São Paulo de manipulação camera John Textor, proprietário do Botafogo, afirmou, sem provas, que ao menos cinco jogadores do São Paulo manipularam a goleada de 5 a 0 sofrida no jogo contra o Palmeiras no Brasileirão de 2023. | Vitor Silva/Botafogo

Em meio às tensões comuns ao mundo esportivo, uma tempestade de acusações sem precedentes irrompeu recentemente, gerando uma onda de controvérsia e incerteza no futebol brasileiro. As acusações, sem provas substanciais, envolvem jogadores de equipes da Série A do Campeonato Brasileiro e levaram a uma série de reações e medidas legais das partes afetadas, abalando a reputação dos atletas e suscitando questionamentos sobre a integridade da competição.

Em uma nota divulgada na última segunda-feira (1º), o empresário americano John Textor, proprietário da SAF do Botafogo, lançou uma bomba ao acusar jogadores do São Paulo de manipulação durante uma partida contra o Palmeiras no Brasileirão de 2023. Segundo o comunicado, especialistas em inteligência artificial teriam detectado desvios anormais de pelo menos cinco atletas tricolores em situações cruciais de gols durante a partida, sugerindo manipulação na goleada de 5 a 0 sofrida diante do Verdão.

CONTEÚDO RELACIONADO

"O jogo entre Palmeiras e São Paulo em outubro de 2023 foi, de acordo com especialistas de inteligência artificial, manipulado por pelo menos cinco jogadores do São Paulo. Sete jogadores mostraram desvios anormais em situações cruciais de gols, mas apenas cinco ultrapassaram limites que deixam clara e convincente a manipulação", diz o comunicado divulgado por Textor, que recentemente alegou, também sem apresentar provas, que o Palmeiras teria sido beneficiado pela arbitragem nos últimos dois anos.

Quer saber mais notícias do futebol brasileiro? Acesse nosso canal no WhatsApp.

Além disso, o empresário mencionou especificamente a vitória por 4 a 0 contra o Fortaleza no Brasileirão de 2022. Segundo ele, o relatório em sua posse indicaria que quatro jogadores da equipe cearense estariam envolvidos na manipulação de jogos.

REAÇÃO DOS CLUBES RIVAIS

As acusações provocaram reações imediatas das equipes afetadas. O Palmeiras anunciou medidas jurídicas contra Textor, chamando-o de "cartola caricato" e sugerindo que suas declarações visam justificar a perda do título brasileiro de 2023.

O São Paulo, por sua vez, repudiou veementemente as acusações, afirmando que tais declarações sem provas atacam a integridade dos jogadores e a lisura da instituição. "Tal afirmação sem nenhum vestígio de prova ataca a idoneidade de jogadores do elenco profissional masculino e a lisura da instituição São Paulo FC em seus 94 anos de história", diz a nota emitida pelo clube, que anunciou medidas legais contra o empresário.

Já o Fortaleza também repudiou as declarações de Textor e prometeu tomar medidas judiciais, destacando que tais acusações geram danos à imagem do clube.

VEJA MAIS

VEM SEGUIR OS CANAIS DO DOL!

Seja sempre o primeiro a ficar bem informado, entre no nosso canal de notícias no WhatsApp e Telegram. Para mais informações sobre os canais do WhatsApp e seguir outros canais do DOL. Acesse: dol.com.br/n/828815.

tags

Quer receber mais notícias como essa?

Cadastre seu email e comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)

plus

Mais em Esporte Brasil

Leia mais notícias de Esporte Brasil. Clique aqui!

Últimas Notícias