Esporte / Esporte Pará
CLIMA DE DECISÃO

Tuna visita Castanhal pressionada pela primeira vitória no Parazão

A Tuna Luso ainda está devendo no campeonato estadual e a ideia é começar a reação hoje, mas o Castanhal é um grande adversário

quarta-feira, 10/03/2021, 10:16 - Atualizado em 10/03/2021, 10:14 - Autor: Nildo Lima


Time cruzmaltino mantém os titulares e Jayme é uma das esperanças na construção de jogadas
Time cruzmaltino mantém os titulares e Jayme é uma das esperanças na construção de jogadas | Luis Carlos-Tuna

Ainda sem vencer no Parazão 2021, a Tuna Luso, que vem de uma derrota e um empate na competição, tem, hoje, nova chance de marcar seus primeiros três pontos em 90 minutos. A equipe tunante, porém, terá de superar um adversário motivado, o Castanhal, às 10h, no estádio Maximino Porpino Filho, na cidade de Castanhal, pela terceira rodada do campeonato. O time da casa vem de um empate e uma vitória no certame local, tendo derrotado em sua última apresentação o Itupiranga, por 1 a 0. Lusa e Japiim somam um e quatro pontos nos grupos B e C, respectivamente.

Os cruzmaltinos, que viajaram ontem para a Cidade Modelo, esperam superar na partida os erros cometidos diante do Águia de Marabá e Independente, sobretudo neste segundo confronto, disputado na Vila Olímpica, com o placar final registrando o empate por 2 a 2. “Vamos lavar a ‘roupa suja’ e procurar corrigir os erros que tivemos na partida passada”, prometia, na segunda-feira, o técnico Robson Melo, que, em princípio, não pretende fazer mudanças na formação do time que começou a partida passada.

“Erros sempre acontecem. Somos seres humanos e, portanto, passíveis de falhas”, amenizou o treinador ao comentar as falhas que levaram seu grupo a deixar escapar a chance de triunfar em sua primeira apresentação dentro de casa. O treinador teve algumas conversas ao “pé do ouvido” com seus comandados, tentando sanar os embaraços apresentados pelo time diante do Galo Elétrico. “É uma luta constante para tentar fazer com que o grupo encontre, finalmente, a primeira vitória no campeonato”, comentou Melo.

No Castanhal, o técnico Artur Oliveira mira a soma de mais três pontos, o que deixaria seu time em situação confortável na tabela de classificação do campeonato. Como em time que está vencendo não se mexe, Artur, provavelmente não fará alterações na formação que começou o jogo passado, mesmo tendo à disposição o zagueiro Lucão, refeito de uma lesão, e o atacante Igor Quadrado, já legalizado e recuperado de uma contusão. Os dois devem compor o banco de reservas. 49 confrontos entre as equipes, o histórico registra 17 vitórias da Lusa, 18 empates e 14 triunfos do Castanhal.

+BRAGANTINO

- A diretoria do Bragantino pediu e a Federação Paraense de Futebol (FPF) acatou a mudança de horário do jogo de domingo (14), contra o Águia de Marabá. Inicialmente, a partida a partida seria disputada às 15h30, mas acabou sendo antecipada para às 9h30, no estádio São Benedito, na cidade de Bragança. O motivo da antecipação do confronto - justificou a direção do Braga - é tentar fugir da chuva que tem caído constantemente na Pérola do Caeté na vesperal. O tempo chuvoso acaba sempre por castigar o gramado do estádio.

- Com a mudança de horário confirmada, o técnico Cacaio já trabalha para a montagem da equipe que ele deverá mandar a campo no final de semana. O treinador poderá contar com um grande reforço para o setor de meio de campo de seu time. O volante Ricardo Capanema, considerado uma espécie de “cão de guarda” do setor, iniciou, ontem, o período de transição, após ter se recuperado de uma lesão. É provável que o atleta esteja apto a participar do coletivo apronto, quando Cacaio definirá sua equipe. A movimentação de conjunto do grupo acontece na sexta-feira, possivelmente no local do jogo. O Tubarão é o vice-líder do Grupo A, com três pontos, um a menos que o Paysandu, líder da chave.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS