Esporte / Esporte Pará
É AMANHÃ!

Vencer ou cair fora: Castanhal estreia em casa na Copa do Brasil

O Japiim respira estreia na competição contra a equipe do Volta Redonda-RJ

terça-feira, 16/03/2021, 08:53 - Atualizado em 16/03/2021, 08:53 - Autor: Nildo Lima/Diário do Pará


O técnico Artur Oliveira faz os últimos preparativos para o jogo contra o Volta Redonda
O técnico Artur Oliveira faz os últimos preparativos para o jogo contra o Volta Redonda | Reprodução/ Facebook do Castanhal

Com o Parazão temporariamente suspenso, em razão do lockdown determinado pelo governo do Estado, visando conter a proliferação da pandemia de Covid-19, o Castanhal volta suas atenções para a Copa do Brasil, na qual o time estreia amanhã, enfrentando o Volta Redonda-RJ, no estádio Modelão, em Castanhal. Será a segunda participação do Japiim no torneio nacional. A primeira vez aconteceu em 2001, quando foi eliminado pela Ponte Preta, com duas derrotas: 1 a 0, em casa, e 8 a 1, em Campinas. O objetivo do time castanhalense é fazer o seu dever de casa e avançar.

Para a partida contra o Voltaço, como é apelidado o time carioca, o técnico Artur Oliveira deverá fazer pelo menos uma mudança em sua equipe. O atacante Canga, principal artilheiro do clube no Parazão, com dois gols, se recupera de lesão na coxa direita e está fora dos planos do treinador. Diego Carioca é o mais cotado para recompor o setor ofensivo da equipe por ter características parecidas com a do titular. Outra novidade pode ser Igor Quadrado, que está regularizado e pronto para estrear pelo clube. Ele entraria no posto do meia Alexandre Santana.

Desde o final do jogo em que empatou com a Tuna Luso (1 a 1), em casa, que o Volta Redonda passou a ser o foco dos castanhalenses, com o elenco treinando inclusive no último final de semana em um período. Hoje a programação será encerrada com um recreativo e, em seguida, o início do regime de concentração.

Ontem, Artur Oliveira falou sobre o encontro das 15h30 de amanhã, no Modelão. “É um orgulho muito grande voltar a disputar uma Copa do Brasil depois de 20 anos”, disse Artur. “Nossos jogadores estão conscientes do que precisam fazer para vencer o Volta Redonda, que possui uma grande equipe”, disse o treinador.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS