Esporte / Esporte Pará
ALTERNATIVA

Tuna segue treinando em sistema de home office

Equipe cruzmaltina segue treinamentos em casa, mas com a supervisão do treinador Robson Melo

segunda-feira, 22/03/2021, 08:37 - Atualizado em 22/03/2021, 08:37 - Autor: Nildo Lima/ Diário do Pará


Robson Melo está monitorando o trabalhos dos seus atletas durante o lockdown
Robson Melo está monitorando o trabalhos dos seus atletas durante o lockdown | Facebook da Tuna

O técnico Robson Melo afirmou, ontem, que a programação de treinamento home office elaborada por ele e o restante da comissão técnica para ser executada pelo elenco da Tuna Luso vem sendo seguida a contento pelos atletas do clube.

De acordo com o treinador, o objetivo do novo tipo de trabalho executado pelo grupo tem como objetivo evitar que o plantel seja totalmente prejudicado com a paralisação dos treinos presenciais, suspensos em função do lockdown determinado pelo governo do Estado e prefeitura de Belém. Os atletas estão sendo monitorados pelo preparador Edson Raul e o fisiologista Neto Miranda.

“É a maneira que temos para tentar amenizar a falta de treinamento normal e do contato com bola dos atletas”, salientou Melo, que atua na fiscalização das atividades, trabalho que também conta com a observação do diretor de futebol Éder Pisco e do diretor adjunto Vinícius Pacheco. “Além do trabalho planejado pela comissão técnica, também temos feito atividades adotando os aplicativos do futebol, que são treinos teóricos com posicionamento tático individual, tática coletiva e tática setorial. Venho tendo esse trabalho de montar essa programação e repassar aos atletas”, explicou Melo.

A diretoria tunante chegou a aventar a possibilidade de o elenco treinar em alguma cidade fora de Belém, onde não esteja sendo adotado o lockdown. Mas, pelo menos até ontem não havia nenhum tipo de mudança nesse sentido. Assim sendo, os jogadores seguem trabalhando em suas casas, o que, na opinião do treinador, “é bastante prejudicial à preparação da equipe.” Melo ressaltou que as equipes da capital, entre elas a Tuna Luso, reiniciarão o Estadual em desvantagem aos clubes do interior, que não sofreram interrupção em suas atividades. “O prejuízo, com certeza, será grande”, previu.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS