Diário Online
Esporte / Esporte Pará
PARAZÃO 2021

Remo e Tuna fazem clássico decisivo: só um gigante passará!

Remo e Tuna fazem esta noite o duelo decisivo em busca da classificação para a decisão do Parazão. Quem ganhar, avança. Empate leva a decisão para os pênaltis

quarta-feira, 12/05/2021, 12:22 - Atualizado em 12/05/2021, 12:20 - Autor: Matheus Miranda e Nildo Lima


Imagem ilustrativa da notícia: Remo e Tuna fazem clássico decisivo: só um gigante passará!
| Divulgação

Como reza a cartilha de todo bom clássico no futebol, onde não há vantagem para nenhuma das equipes, nesta noite, às 19h15, no estádio Baenão, em Belém, Clube do Remo e Tuna Luso irão se enfrentar pela classificação à grande decisão do Campeonato Paraense 2021, com a vitória como única opção para o avanço durante os 90 minutos da partida de volta da semifinal do certame.

Com o empate em 1 a 1 construído no final de semana (9), uma nova igualdade no marcador levará a definição aos pênaltis, algo que nenhuma das duas equipes espera, já que o foco no triunfo tem sido abordado constantemente para este tira-teima.

Pelo lado azul-marinho, o grupo aponta o fator casa como essencial para o resultado positivo e repetir o feito do encontro mais recente entre os gigantes da capital em duelos oficiais, que foi o triunfo por 1 a 0 em seus domínios, em 2013. Dessa maneira, a comissão técnica deve contar com a presença de atletas que estavam fora do primeiro encontro contra a Lusa, como o atacante Lucas Tocantins. O jogador, contudo, deve iniciar no banco, com a manutenção de Erick Flores na onzena titular, assim como o centroavante Edson Cariús.

Com o planejamento de ser mais eficiente na finalização do que na partida anterior, o grupo pregou paciência para chegar ao gol. Felipe Gedoz, que terá a missão de servir os companheiros e aproveitar também as brechas, deu o recado. “A gente teve muitas oportunidades de até poder fazer um resultado significante (na ida), mas temos o segundo jogo agora e o importante foi não perder. Vamos fazer um grande jogo e se Deus quiser, fazer um bom resultado”, destacou o camisa 10. A esperança de Gedoz para um jogo mais interessante é o palco da partida: o Baenão. Para o meia-atacante, o alçapão azulino tem os pontos fortes para ajudar o Remo a sair vencedor. “A gente se sente muito confortável. Acredito que vai ser um jogo muito bom de se ver”, espera.

Já o meio-campista tunante Wellington Pará prevê uma “pedreira” a ser destruída pela Lusa. “Sabemos que será um jogo difícil, mas sabemos, também, que nossa equipe tem total condição de chegar lá (no Baenão) e fazer um grande jogo para conseguir a sua classificação”, argumentou o jogador.

Tuna: o próximo passo é ir à decisão

“Se a gente se classificou para a semifinal, então temos condições de dar mais um passo no campeonato. “É com esse pensamento, exposto, ontem à tarde, pelo atacante Paulo Rangel, que a Tuna Luso entra em campo para enfrentar o Clube do Remo, tendo como meta avançar à grande final do Parazão. Mas os cruzmaltinos estão conscientes de que não terão vida fácil, jogando no Baenão, reduto do adversário. “Mais uma vez vai ser um jogo difícil. Sabemos que o adversário é o favorito, ainda mais jogando dentro de sua casa e sustentando uma boa invencibilidade”, lembrou Rangel.

O fato de o Leão não ter sido derrotado em onze partidas - oito vitórias e três empates - serve como fator de estímulo para a equipe comandada pelo técnico Robson Melo. “Tabu foi feito para ser quebrado”, salienta Rangel, adotando um velho chavão do futebol. De acordo com o artilheiro da Lusa - seis gols -, a equipe alviverde vai tentar se impor jogando fora de seus domínios. “Vamos tentar colocar em prática aquilo que a gente vem fazendo nos treinos”, disse.

Já o meio-campista Wellington Pará, que vem aproveitando bem a chance dada por Robson Melo, falou sobre o momento que vem vivendo no futebol com a camisa da Lusa. “O professor Robson está me dando a oportunidade e estou procurando aproveitar essa chance. Estou muito feliz com esse momento”, contou. “Estou contribuindo com o grupo”, completou. “A gente vai lá para fazer um grande jogo e sair da partida com a classificação”, finalizou o volante, que tem sido uma das peças-chaves no esquema montado pelo treinador tunante.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS