Diário Online
Esporte / Esporte Pará
CAMPEONATO PARAENSE

Clube do Remo e Castanhal disputam 3°lugar do Paraense

Após serem eliminados nas disputas de pênaltis nas semifinais contra Tuna Luso e Paysandu, os clubes lutam pela terceira colocação e uma vaga na Copa do Brasil.

sábado, 15/05/2021, 09:39 - Atualizado em 15/05/2021, 09:39 - Autor: Matheus MIranda


Imagem ilustrativa da notícia: Clube do Remo e Castanhal disputam 3°lugar do Paraense
| Samara Miranda/Remo

Nesta tarde (15), às 17h, Clube do Remo e Castanhal irão participar do último compromisso nesta edição de Campeonato Paraense, na disputa da terceira posição da competição, no estádio Baenão, em Belém. Para evitar desgaste futuro, as diretorias das duas agremiações concordaram de fazer partida única.

Apesar do baixo apelo para o confronto, engana-se quem acham que o duelo não vale nada. Ao vencedor, vale vaga na Copa do Brasil 2022, algo interessante aos cofres. Em caso de empate no tempo regular, a situação será definida nas cobranças de pênalti.

Ressentidos pela eliminação, em casa, na última quinta-feira (12) à noite, o Leão Azul quer aproveitar a oportunidade para encerrar o certame com resgate da confiança interna, que foi abalada pela não classificação do time à final, mesmo com a única campanha ainda invicta no Estadual.

Assim, a comissão técnica deve apresentar ao menos duas alterações em relação ao time que iniciou contra a Tuna. Wellington Silva, diagnosticado com lesão muscular, está fora do embate, assim, dando espaço a Thiago Ennes na ala direita. Outra dúvida é na referência do ataque, com a possível volta de Renan Gorne na vaga de Edson Cariús, que teve atuação ruim.

O volante Lucas Siqueira, capitão do time, não escondeu a tristeza recente do grupo, mas reiterou determinação para encerrar com uma vitória. “Temos que dar o nosso jeito de colocar uma pedra nessa eliminação, porque ainda temos mais esse jogo pelo estadual e vale vaga para a Copa do Brasil. É um jogo muito importante”, garante.

REGULARIDADE

Apesar da atuação ruim no meio da semana, Siqueira destacou a regularidade da equipe, mesmo eliminada e fora da final. “A gente tem que botar uma pedra nessa derrota e ir com a cabeça boa contra o Castanhal, vencer o jogo para classificar à Copa do Brasil”, pontua.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS