Esporte / Esporte Pará
MUITA CALMA NESSA HORA

Volante quer Paysandu com equilíbrio para conquistar Parazão

Jhonnatan, que já foi campeão pelo Papão em 2017, quer cautela durante a partida contra a Tuna Luso.

sábado, 22/05/2021, 01:21 - Atualizado em 22/05/2021, 01:19 - Autor: Kaio Rodrigues/DOL


Volante quer equilíbrio entre os setores de campo e diz que final de 2017 deve ser usada como exemplo.
Volante quer equilíbrio entre os setores de campo e diz que final de 2017 deve ser usada como exemplo. | John Wesley/Paysandu

Buscando o 49º título do Campeonato Paraense, o Paysandu se encontra em uma situação bastante complicada. Os bicolores terão que vencer a Tuna com uma diferença de três gols, caso queiram ser campeão no tempo normal. Apesar disso, o volante Jhonnatan diz que os bicolores precisam de cautela para buscar o resultado e não se complicar ainda mais.

Presidente do Paysandu justifica escolha do novo técnico

“Sabemos da importância dessa final. Se chegamos até aqui é porque mostramos nosso potencial e qualidade durante o campeonato. Quem já disputou final, sabe que não vamos conquistar nosso objetivo de qualquer jeito. Tem que ser com organização, tática e, acima de tudo, a vontade e atitude precisam ser diferentes”.

Apesar da derrota por 4 a 2 no primeiro jogo da decisão, o Papão tem a melhor defesa da competição até aqui, com 11 gols sofridos, e chegou a ficar sete jogos sem saber o que era buscar a bola nas redes. Para a volta, Jhonnatan diz que equipe precisa de equilíbrio entre os setores de campo e que jogadores precisam ser mais ousados na busca do título.

“Nossa equipe mostrou um poder defensivo. Levamos pouco gols. Temos uma a defesa menos vazada com apenas 11 gols sofridos. Temos que buscar o equilíbrio entre a parte defensiva e ofensiva. Já começamos o jogo atrás do placar. Por isso não podemos ir de qualquer jeito em buscar dos gols, pois a vontade da Tuna pode ser aumentada. Temos que buscar um jogo seguro atrás e lá na frente ousar mais. Chutar de fora da área, tentar o um contra um para podermos criar as chances e vencer o jogo e o título”, comentou.

O volante de 29 anos já tem 114 gols pelo Lobo e conquistou o Campeonato Paraense de 2017. Na decisão contra o Remo, os bicolores marcaram o gol do título com o atacante Bergson, aos 46 minutos do segundo tempo. Jhonnatan diz que isso pode ser usado como exemplo de que bicolores precisam acreditar até o último instante.

“Se pararmos para ver o vídeo do gol do Bergson em 2017, eu sou o primeiro a entrar no campo. Já estava no banco. Invadi em êxtase. Feliz pelo gol e conquista do título. É um exemplo de que temos que acreditar até o final. Quero viver esse sentimento de conquista com a camisa do Paysandu. Domingo temos uma oportunidade e espero poder, pelas 19h, estar comemorando o título junto com meus companheiros para coroar nosso trabalho nesse primeiro semestre”, contou.

Caso a partida termine com vitória do Paysandu por dois gols de diferença, a decisão vai para as penalidades máximas. Ambos os clubes passaram nos pênaltis para a final. O camisa 21 diz que equipe vai buscar a vitória do título no tempo normal, mas que estão treinando para uma eventual decisão na marca da cal.

Acreditamos bastante em uma vitória. Na conquista do título. Nós, jogadores, estamos conversando bastante sobre isso. Que acreditamos! Sabemos da vantagem que a Tuna tem no placar. Temos que correr e buscar diminuir essa vantagem. Se vencermos no tempo normal, será excelente. Mas sabemos da possibilidade do jogo ir para os pênaltis. Por isso estamos treinando e para poder ter êxito, assim como foi no duelo contra o Castanhal. Vamos dar o nosso melhor para alcançar o nosso objetivo no domingo, que é o título, dando assim alegria ao nosso torcedor e trazer mais um troféu para o Paysandu.

Paysandu e Tuna decidem a final do Campeonato Paraense às 17h, no Estádio da Curuzu., em Belém A Lusa tem a vantagem de perder por até um gol de diferença, já que venceu a primeira partida por 4 a 2. O DOL acompanha a partida no Lance a Lance e espera você no youtube, instagram e facebook.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS