Esporte / Esporte Pará
INSULTO

Paraense campeão do UFC é vítima de racismo de adversário

Dieveson Figueiredo foi alvo de um insulto racista de Marcelo Rojo, técnico do seu adversário, o lutador mexicano Brandon Moreno.

sexta-feira, 11/06/2021, 17:54 - Atualizado em 11/06/2021, 17:54 - Autor: Diego Beckman/DOL


Deiveson foi alvo de ataque racista na véspera da luta contra Brandon Moreno
Deiveson foi alvo de ataque racista na véspera da luta contra Brandon Moreno | Divulgação / UFC

A luta entre Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno pelo Utimate Fighting Championship (UFC) ultrapassou o limite do espírito esportivo e do bom combate entre atletas e equipes de preparadores para chegar ao infeliz caminho do insulto racial. Como em episódios frequentes do futebol, o brasileiro também foi vítima do racismo em seu esporte de atuação. 

O paraense foi vítima de ataques racistas feitas pelo técnico de Brandon Moreno, o argentino Marcelo Rojo, em uma rede social nesta sexta-feira (11) após a pesagem entre os lutadores para o combate deste sábado (12), pelo UFC.

Rojo comparou o paraense com um “macaco” usando o filtro de um post no Instagram e publicou. Logo em seguida à publica, o técnico acabou trancando a sua conta, mas os prints mostram o caso envolvendo o atual campeão da categoria mosca.

 

| Reprodução / Instagram
 

Nas redes sociais, os torcedores brasileiros pedem ao UFC uma punição ao treinador. Lutadores brasileiros também se manifestaram sobre o caso.

DOL RÁDIO ESPORTE fala com Deiveson Figueiredo. Ouça

Até o momento, o UFC não se pronunciou sobre o episódio.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS