Diário Online
Esporte / Esporte Pará
SÓ REZA BRAVA?

Torcedor joga sal grosso pra tirar "zica" da Curuzu. Veja

O time enfrenta um Manaus mal das pernas no próximo domingo, dia 27. Alguns torcedores recorrem até a superstição.

segunda-feira, 19/07/2021, 13:35 - Atualizado em 19/07/2021, 15:46 - Autor: Lucas Contente


Imagem ilustrativa da notícia: Torcedor joga sal grosso pra tirar "zica" da Curuzu. Veja
| Reprodução
"> Danrlei fez seu primeiro gol com a camisa do Papão.
Danrlei fez seu primeiro gol com a camisa do Papão. Jorge Luís/Paysandu
"> "CuruZica"
"CuruZica" Diário do Pará
"> Vinícius Eutrópio diz que o time se sente incomodado com a postura defensiva dos adversários.
Vinícius Eutrópio diz que o time se sente incomodado com a postura defensiva dos adversários. Jhon Wesley/Paysandu
">
">
Reprodução

Fora do G-4! Essa frase vem assombrando os torcedores do Papão após o término da 8ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. O time comandado pelo treinador Vinícius Eutrópio não consegue ganhar dentro de casa, mesmo quando joga bem, como foi o caso da última partida, contra o Altos-PI.

O que fazer para sanar esse grande problema na Curuzu? Ou, como estava intitulado em uma das matérias do caderno Bola, do Jornal Diário do Pará: “a CuruZica”. 

 

"CuruZica"
"CuruZica" | Diário do Pará
 

As perguntas são muitas, mas até o momento o treinador Vinícius Eutrópio utilizou o argumento de que a postura defensiva dos adversários no Estádio Vovô da Cidade se torna "incômoda" para o time. Segundo ele, o time ainda busca solucionar esse problema.        

"É uma situação que incomoda. Óbvio que, do primeiro jogo para esse, nós tivemos uma evolução. Hoje nós mudamos o sistema, trabalhamos basicamente com quatro atacantes, criamos espaços e tivemos finalizações, mas não conseguimos transformar em gol. Isso acaba incomodando", desabafou.

 

Vinícius Eutrópio diz que o time se sente incomodado com a postura defensiva dos adversários.
Vinícius Eutrópio diz que o time se sente incomodado com a postura defensiva dos adversários. | Jhon Wesley/Paysandu
 

Para um torcedor do Paysandu, somente a superstição é a solução. Marcos Ferreira esteve na manhã desta segunda-feira (19), no entorno do Estádio do Papão jogando sal grosso, para que o time possa vencer quando jogar novamente na Curuzu. Em contato com a reportagem do DOL, ele explica: "Fiz isso para ver se sai o 'olhão' que tá pegando!" disse. "Curuzu não é para time ruim, se não houver entrosamento, já era", acrescentou. 

Hoje o Papão ocupa a incomoda 5ª colocação no Grupo A da série C. Embora o número de pontos seja semelhante ao de times que estão mais acima na tabela, com apenas 2 a menos que o líder Ferroviário, a situação do Lobo poderia estar muito melhor caso estivesse conseguindo fazer o “dever de casa”.

Na próxima rodada o Paysandu enfrenta o Manaus, fora de casa, precisando da vitória para tentar voltar ao G-4. O adversário vem de duas derrotas consecutivas e ocupa atualmente a 7ª posição na tabela de classificação. Quem sabe o time faça o “dever de fora de casa”.

E MAIS - Haaland volta e começa pré-temporada no Borussia Dortmund


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
Exibir mais comentários
MAISACESSADAS