Esporte / Esporte Pará
NOVO OBJETIVO

Lutador paraense mira UFC após conquistar cinturão da LFA

Em entrevista ao DOL, Bruno Souza, "The Tiger" revela planos de entrar na principal organização do mundo

quinta-feira, 02/09/2021, 15:18 - Atualizado em 02/09/2021, 15:18 - Autor: Diego Beckman


Paraense curte a vitória e o cinturão, mas quer mais no mundo das artes marciais.
Paraense curte a vitória e o cinturão, mas quer mais no mundo das artes marciais. | Reprodução / Instagram

Uma luta pode significar uma grande reviravolta na vida de uma atleta, além de ser um momento que resume anos de treinos e esforço dedicados ao esporte. E, em uma luta, um paraense alcançou o topo do mundo em uma das principais categorias de MMA do mundo.

O lutador paraense Bruno Souza, o "The Tiger", que no último fim de semana conquistou o título da LFA, ainda curte o cinturão conquistado de forma inédita para as artes marciais mistas paraense, mas sem esquecer aquilo que está almejando em um futuro próximo: competir dentro do UFC.

Em uma entrevista exclusiva ao DOL, o lutador relata cada detalhe do combate contra o mexicano Javier Garcia, pela categoria peso pena. “A luta foi difícil no primeiro round. Meu adversário me surpreendeu bastante com a estratégia dele, mas conseguimos ajustes durante a luta e controlamos as ações”, detalha.

Bruno venceu a luta e levou o cinturão para casa,. Ainda no octógono, chorou em momento de grande emoção.

“No momento que percebi que ganhei a luta, o filme que passou foi da minha trajetória no próprio LFA. Minha primeira luta foi muito ruim, não tinha nenhuma credibilidade. O evento ainda sim me deu mais uma chance e daí conseguimos melhorar a cada luta e cavamos nosso espaço. Hoje posso dizer que sou o melhor peso pena fora do UFC ou Bellator”, afirma.

Apontado como discípulo de Lyoto Machida, Bruno Souza já está em conversações para entrar no principal evento de artes marciais do mundo, o Ultimate Fight Championship (UFC).

“Meu objetivo é assinar com o UFC, estamos tentando os contatos e Lyoto está cuidado disso. Estamos no aguardo”, detalha.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS