Diário Online
Esporte / Esporte Pará
TREMEU?

Lateral do Paysandu relembra momento onde enfrentou a Fiel

Alan Cardoso falou sobre disputa com Diego Matos, de suas características e da busca pelo acesso

quarta-feira, 08/09/2021, 22:08 - Atualizado em 08/09/2021, 22:08 - Autor: Kaio Rodrigues


Alan Cardoso foi apresentado nesta quarta-feira (08).
Alan Cardoso foi apresentado nesta quarta-feira (08). | John Wesley/Paysandu

Restando três rodadas para o término da primeira fase da Série C do Brasileiro, o Paysandu ainda segue anunciando reforços. Nesta quarta-feira (08), o lateral-esquerdo Alan Cardoso foi anunciado oficialmente pelo clube bicolor. Ele chega para disputar vaga com Diego Matos na posição. Ele falou sobre a concorrência.

“O Diego está vivendo um grande momento. Eu estava acompanhando. Não chego para tomar a vaga de ninguém, mas sim para brigar pelo meu espaço. Estou treinando e tenho certeza que o professor saberá que estará melhor para ajudar o Paysandu”, comentou.

 

Alan foi foi apresentado oficialmente pelo Paysandu nesta quarta-feira (08).
Alan foi foi apresentado oficialmente pelo Paysandu nesta quarta-feira (08). | (Foto: John Wesley/Paysandu)
 

O jogador de 23 anos teve sua formação no Vasco da Gama, onde chegou no sub-13. Em 2016 ele foi promovido ao elenco profissional e depois, em 2019, foi para o sub-23 do Santos, que depois o emprestou para o Londrina. Seu último clube foi o Santa Cruz. Alan Cardoso falou sobre suas principais características e que está preparado para estrear.

“Sou um lateral muito ofensivo. Melhorei a parte defensiva ao longo do tempo. Com essa característica, gosto muito de trabalhar com o ponta, que é um dos lados fortes que já vi na equipe. Cheguei para ajudar. Estou trabalhando bastante, já estou integrado ao grupo e sigo feliz com isso. Estou pronto! A hora que precisarem de mim, vou ajudar da melhor forma possível”, destacou.

Perguntado se conhecia o Paysandu, Alan falou sobre o duelo entre Vasco e Papão no ano de 2016. Vestindo a camisa cruzmaltina, o jovem, com 18 anos na época, estava no banco de reservas e lembrou que o Mangueirão estava lotado pela torcida alviceleste no 3 a 1 para o Lobo. Naquele ano, os cariocas conseguiram o acesso à Série A, enquanto que o Papão ficou em 14º colocado.

“Tenho algumas lembranças de Belém. Foi um jogo em 2016, pela Série B, onde eu estava pelo Vasco. O Mangueirão estava lotado. Começamos ganhando e levamos a virada. A torcida inflamou. Hoje eu estou aqui, pelo lado do Paysandu e estou feliz com isso”, relembrou.

Veja os gols do jogo e como estava o Mangueirão:

Não é mistério que o principal objetivo do Paysandu na temporada é garantir uma vaga na Série B do Brasileiro no ano de 2022. Para isso, os bicolores precisam primeiro garantir vaga no quadrangular final. Faltam apenas três jogos para a conclusão da primeira fase. O Lobo soma 24 pontos e é o vice-líder. Alan comentou sobre a obrigação.

“É uma responsabilidade muito grande em chegar ao Paysandu e buscar o objetivo que é subir para a Série B. Tenho certeza que conseguiremos. É bom para a minha carreira. Conseguir mais um acesso, desta vez vestindo a camisa do Paysandu. Pressão sempre irá existir. A torcida do Paysandu é apaixonada e quer esse acesso. Estou preparado para ajudar o clube e presentear a torcida”, finalizou.

 

|
 
Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS