Diário Online
Esporte / Esporte Pará
NO CAMINHO CERTO

Cacaio lamenta eliminação e diz: "tem que manter o projeto"

Castanhal fez brilhante campanha na fase de grupos, mas caiu no primeiro mata-mata da Série D

segunda-feira, 20/09/2021, 22:24 - Atualizado em 20/09/2021, 22:23 - Autor: Kaio Rodrigues


Cacaio perdeu com o Castanhal quando menos podia, mas projeto segue.
Cacaio perdeu com o Castanhal quando menos podia, mas projeto segue. | Reprodução/Castanhal

Certamente, a eliminação do Castanhal foi dolorosa para todos aqueles que estavam na torcida pelo acesso do clube, principalmente após fazer história com a melhor campanha geral na primeira fase. Para quem viveu o dia a dia do clube, deve ser ainda mais fulminante sair no primeiro mata-mata da Série D do Brasileiro. O técnico Cacaio foi sincero ao falar sobre o acontecido.

"Queria agradecer a Deus, aos jogadores, a diretoria, aos torcedores que marcaram presença, incentivaram, fizeram a sua parte. A desclassificação não foi no Modelão, foi no primeiro jogo. Não fizemos uma boa partida. Perdemos lá e em casa tivemos que nos expor. O Moto Club está de parabéns. Espero que consigam seus objetivos. Foram superiores nos dois jogos. Essa é a verdade. Nós deixamos a desejar", comentou.

 

Treinador agora terá a Copa Verde pela frente e cita Fortaleza para não deixar o ânimo no Japiim se abalar
Treinador agora terá a Copa Verde pela frente e cita Fortaleza para não deixar o ânimo no Japiim se abalar | (Foto: Jivago Lemos/Castanhal)
 

O Japiim da Estrada conseguiu o quarto lugar no Campeonato Paraense e tem lugar garantido na disputa da Série D do Brasileiro de 2022. No entanto, a temporada ainda não terminou. A equipe aurinegra terá a Copa Verde, o que pode garantir vaga na Copa do Brasil, em caso de título. Cacaio falou que o projeto deve permanecer, apesar da decepção, e citou os anos tenebrosos que o Fortaleza bateu na trave na busca pelo acesso à Série B do Brasileiro.

"Agora é ver o que a diretoria pensa. Vão reavaliar o trabalho. Tudo o que foi feito. Temos uma Copa Verde no dia 13, 14, e é procurar dar seguimento ao trabalho. O importante agora é o projeto. O que o clube pensa, o que o clube quer. Falei para eles que o Fortaleza ficou oito anos batendo na trave e hoje está em uma semifinal de Copa do Brasil. O Castanhal tem que manter o projeto, pois certamente atingirá os objetivos nos próximos campeonatos”


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS