Diário Online
Esporte / Esporte Pará
É GANHAR OU GANHAR

Meia quer Remo com espírito de sobrevivência contra o Goiás

Erick Flores falou sobre a presença do Fenômeno Azul no último treino antes do jogo diante do Esmeraldino. O confronto acontece às 20h desta segunda-feira (15)

domingo, 14/11/2021, 21:23 - Atualizado em 14/11/2021, 21:23 - Autor: Kaio Rodrigues


Erick Flores voltou a atuar na última sexta-feira (12), pela Copa Verde
Erick Flores voltou a atuar na última sexta-feira (12), pela Copa Verde | Samara Miranda/Remo

Fora de combate desde o final de agosto, após ser diagnosticado com uma lesão grau III na coxa direita, o meia-atacante Erick Flores retornou aos gramados na última sexta-feira(12), quando atuou no segundo tempo do jogo contra o Manaus, pelas quartas de final da Copa Verde. Agora, o jogador voltará a atuar na Série B do Brasileiro.

"Estou feliz em poder voltar a jogar e fazer o que eu amo. Estava sentindo falta dessa rotina, de poder ajudar os meus companheiros. Foram 45 minutos onde fiquei pensando em várias coisas. Pensei até que não conseguiram retornar esse ano, pois minha lesão foi muito grande. Agora é dar sequência nesses jogos que restam", comentou.

O Remo entra em campo na na noite desta segunda-feira (15), às 20h, para encarar o Goiás, no Baenão, em Belém, pela 36ª rodada da Série B do Brasileiro. Os azulinos lutam contra a degola. Com 41 pontos somados, está a três da zona de rebaixamento. Uma derrota não coloca a equipe no Z-4, caso os rivais diretos vençam, já que tem mais vitórias - primeiro critério de desempate -, mas pode ser crucial para as duas últimas partidas. Flores se diz à disposição e quer espírito de sobrevivência na equipe.

"Estou sempre preparado. Estou sempre pronto. Ritmo de jogo vou pegar jogando. Se o professor precisar, estarei à disposição. É um jogo importante para ambas as equipes. Vejo como uma final antecipada. Estamos lutando para sobreviver. Quem luta por isso, luta mais. Vamos entrar com esse espírito, para fazer o dever de casa e dar um salto para manter a nossa permanência", destacou.

 

Torcida esteve presente no Baenão
Torcida esteve presente no Baenão | (Foto: Samara Miranda/Remo)
 

O último treino dos azulinos, realizado na tarde deste domingo, contou com a presença dos torcedores. A intenção da diretoria era criar um clima de decisão para que os atletas se sentissem mais motivados para o duelo contra os Esmeraldinos. Flores falou sobre o apoio recebido e pede para que a torcida jogue junto com os jogadores.

"Foi fundamental. Nossa torcida sempre demonstra apoio e amanhã não será diferente. Independente de que estiver em campo, a torcida deve apoiar o Remo, pois os jogadores passam e o clube fica. Então, eles vindo com o intuito de apoiar, vão ser o nosso 12º jogador", finalizou.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS