Diário Online
Esporte / Esporte Pará
QUERENDO JOGO!

Meia diz que joga "até no gol" para buscar metas do Paysandu

Serginho foi apresentado oficialmente e brincou quando falou sobre posições que pode ajudar, além do setor de criação; Ele revelou o motivo para ter aceito o convite do Papão

quinta-feira, 03/03/2022, 21:56 - Atualizado em 03/03/2022, 21:55 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Meia foi apresentado oficialmente nesta quinta (3)
Meia foi apresentado oficialmente nesta quinta (3) | John Wesley/Paysandu

O Paysandu apresentou oficialmente, nesta quinta-feira (3), o meia Serginho, de 31 anos. O jogador foi anunciado como novo reforço na semana passada e chega para ser mais uma opção para o meio de campo. O último clube do atleta foi o Matsumoto Yamaga, do Japão. Apesar de estar do outro lado do mundo, ele disse conhecer o Lobo e exaltou a força da Fiel Bicolor. 

“Decidir pelo Paysandu porque é muito bom quando se tem uma torcida que apoia. Sei que há muita cobrança, mas isso faz parte do nosso trabalho. Sei que a torcida é de massa, muito fanática e sentir o calor dela, o grito do gol, da vitória, isso foi fundamental para eu vir para o Paysandu”, contou.

Jogador mostrou ser maravilhado com a Fiel Bicolor
Jogador mostrou ser maravilhado com a Fiel Bicolor | (Reprodução: Papão TV)
 

Serginho está apto para atuar pelo clube desde a última sexta-feira (25), quando teve seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Apesar disso, ainda não há previsão para o jogador estrear. Perguntado se poderia atuar em outras funções, além da de origem, ele disse estar à disposição de Márcio Fernandes e até brincou com a situação.

“Estou trabalhando, dando o meu melhor. Não tenho previsão para saber quando estarei à disposição, mas sou uma atleta que sempre gostou de trabalhar forte. Em pouco tempo devo estar atuando. Clinicamente, chego 100%, sem nenhuma lesão. Me cuido bastante, não tive lesões olhando para o passado, sempre me cuidei para poder jogar. Chego para dar o meu melhor, onde o professor precisar. Se ele achar que eu dou conta do recado em outra posição, vou atuar. Até de goleiro, se ele precisar (risos), mas acho difícil por causa do tamanho, mas estou aqui para dar o meu melhor”, finalizou em tom descontraído.

O meia tem passagens por Santos, RB Bragantino, Oeste, Palmeiras, Kairat (Cazaquistão), Daegu (Coreia do Sul) e Matsumoto Yamaga, onde estava há cinco temporadas. O jogador já foi campeão da Série C do Brasileiro quando atuava pelo Oeste-SP, no ano de 2012. O atleta também foi campeão da Segundona pelo Palmeiras, um ano depois, em 2013. 


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS