Diário Online
Esporte / Esporte Pará
NÃO QUER DECEPCIONAR

Zagueiro não vê Paysandu em momento ruim e revela desejo

Lucas Costa quer sentir o apoio da Fiel Bicolor e comentou sobre sequência de empates do Papão na disputa da Série C do Brasileiro; Defensor falou dos pontos perdidos na última partida

terça-feira, 03/05/2022, 22:47 - Atualizado em 04/05/2022, 00:00 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Lucas Costa jogou somente contra a Fiel na Curuzu
Lucas Costa jogou somente contra a Fiel na Curuzu | Divulgação/Paysandu

O Paysandu tem encontro marcado com a Fiel Bicolor e com a Curuzu no próximo domingo (8), quando recebe o Botafogo-SP, às 19h. O Papão não jogava no próprio estádio desde a final do Campeonato Paraense, no dia 6 de abril, quando venceu o Remo por 3 a 1, mas o Leão acabou levando o título. O zagueiro Lucas Costa não podia jogar e atuará pela primeira vez no Vovô da Cidade com o apoio do torcedor. Ele também falou sobre a perda de pontos na última partida.

"Estou com uma expectativa muito grande de jogar na Curuzu. Já joguei contra e sei da força que a nossa torcida tem. Quero sentir essa vibração a favor de dentro de campo, pois sei que faz a diferença. Para vestir a camisa do Paysandu, temos que procurar vencer todos os jogos. Independente se é dentro ou fora de casa, vamos sempre buscar os três pontos. Se perdemos dois em casa, vamos atrás deles fora, pois é a nossa obrigação", destacou.

Quatro jogos sem perder ou três jogos consecutivos sem vencer? O Paysandu soma seis pontos em quatro partidas disputadas na Série C do Brasileiro. O momento não é dos melhores, mas o zagueiro não vê a equipe passando por período ruim e fala sobre caprichar mais no último terço do campo. A chegada de reforços, segundo o defensor, não significa que a equipe está sendo contestada pela cúpula bicolor.

"No último jogo acabamos pecando no último passe. São coisas que vamos corrigir durante a semana, para que possamos fazer uma excelente partida diante do Botafogo-SP. Não vejo que estamos em um momento ruim. Claro que o empate não era o resultado não era o que queríamos. As chegadas e saídas de jogadores são de assunto da direção, comissão técnica. Gosto do pessoal que já está aqui e sei do potencial deles", finalizou.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS