Diário Online
Esporte / Esporte Pará
ROCK ATRÁS DE ROCK

Ele não sossega: Gedoz é processado por perturbar vizinhança

Ex-Clube do Remo segue dando trabalho, mas agora para os vizinhos; Uma liminar estabeleceu o pagamento de R$ 1.000 por cada vez que gerar barulhos

sexta-feira, 06/05/2022, 20:42 - Atualizado em 06/05/2022, 20:41 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Gedoz: festas no ap têm incomodado a vizinhança
Gedoz: festas no ap têm incomodado a vizinhança | Divulgação/Clube do Remo

Novo Eduardo Ramos? Ex-meia badalado do Clube do Remo, que voltou para o Leão Azul após vaquinha de PIX dos torcedores azulinos, Felipe Gedoz ainda está dando o que falar. Depois de ter o contratado rescindido com o Filho da Glória e do Triunfo, e ser oferecido ao Paysandu, o jogador volta a ser notícia, mas não por seu futebol, e sim por perturbar o sossego alheio.

O atleta foi processado por conta de festas que promove em seu apartamento, localizado no bairro do Jurunas, em Belém. Os vizinhos reclamam que ninguém consegue dormir. Ao todo, já são três boletins de ocorrência registrados, uma ação judicial e 10 notificações e multas do condomínio. O DOL entrou em contato com o staff de Gedoz, que informou desconhecer sobre o caso.

A Juíza Lailce Ana Marron da Silva, da 9ª Vara Cível e Empresarial de Belém, estabeleceu o valor de mil reais por cada vez que o jogador descumprir uma liminar e gerar barulhos excessivos, como músicas em volume alto e gritaria, por exemplo. Há um pedido de indenização por danos morais no valor de R$20 mil reais.

Confira o documento da liminar judicial:

| Reprodução
 



Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS