Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
MOMENTO É BOM

Pitbull, Mikael quer Paysandu se impondo contra São José

Volante disse que bicolores vão pressionar sulistas e comentou sobre o estilo de jogo: " Se tiver que chegar nos caras e levar amarelo, vou tomar"

quarta-feira, 11/05/2022, 22:26 - Atualizado em 11/05/2022, 22:25 - Autor: KAIO RODRIGUES PEREIRA

Google News

Mikael abriu o placar para a goleada sobre o Botafogo-SP
Mikael abriu o placar para a goleada sobre o Botafogo-SP | John Wesley/Paysandu

O Paysandu, junto com o Mirassol, é a equipe que a ainda não conheceu a derrota na Série C do Brasileiro. Até o momento, foram duas vitórias e três empates em cinco jogos. Em todos, com exceção da partida contra o Ypiranga, os bicolores fizeram um bom jogo e até foram melhores que os adversários. O volante Mikael projeta mais uma vitória, agora contra o São José, mas não descarta o empate como bom resultado fora de casa.

- Meia quer Paysandu superando grama sintética, frio e viagem contra o São José

- Medalhões nada, Aldo e Marlon chamam a responsa no Paysandu

“Acho que já vínhamos nos jogos anteriores atuando bem. Estamos invictos também. Não é por causa da vitória que não tínhamos convencido antes. Já vínhamos jogando bem, só não vinha a vitória. Estamos invictos no campeonato e pretendemos continuar assim. Vamos jogar com o São José em busca dos três pontos, mas um empate está de bom tamanho também", destacou.

Sorriso de quem dá-lhe no meio do adversário
Sorriso de quem dá-lhe no meio do adversário | John Wesley/Paysandu
 

O Paysandu tem o melhor ataque da Terceirona até o momento, com 12 gols marcados. Destes, sete foram antes dos primeiros 15, 20 minutos, o que mostra uma característica da equipe de Márcio Fernandes, que é se impor contra o adversário e pressionar. Mikael aposta nisso para vencer o São José, no próximo domingo (15).

"Temos essa característica de pressionar nos 15 primeiros minutos de ambos os tempos. Não será diferente contra o São José. Vamos atacar eles para buscar os gols. O campo lá é bem diferente do que estamos acostumados a jogar. Estamos treinando em sintético para buscar acostumar. Mesmo assim, não creio que isso irá atrapalhar nossa equipe. Estamos com confiança desde o início do campeonato e os caras vão respeitar o Paysandu, pois é um clube de massa, de camisa, que precisa ser respeitado", enfatizou.

O volante está com dois cartões amarelos e segue para Porto Alegre pendurado. Caso leve o terceiro, ficará de fora da partida contra o Volta Redonda, em Belém, pela sétima rodada da competição nacional. Ele diz que isso não o preocupa e que se tiver que pegar cartão, defendendo o Papão, vai levar sem problema algum.

“Não tenho como jogar com o freio de mão puxado. É uma característica minha de marcação. Se tiver que chegar nos caras e levar amarelo, vou tomar", finalizou.


Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS