Diário Online
Edição do dia
Edição do dia
Leia a edição completa grátis
Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
ANTIÉTICO?

Presidente do Botafogo-PB chama Remo de "filial do norte"

O Leão, só nesta temporada, já contratou dois jogadores do Belo, o analista de desempenho, e agora o técnico, Gerson Gusmão. Para sua vaga, o clube confirmou o retorno de Itamar Schulle, que recentemente passou pelo Paysandu.

terça-feira, 21/06/2022, 13:50 - Atualizado em 21/06/2022, 14:02 - Autor: Lucas Contente

Google News

O presidente não ficou contente com mais uma contratação do Clube do Remo
O presidente não ficou contente com mais uma contratação do Clube do Remo | Foto: Reprodução/Botafogo-PB

A lógica de mercado do futebol, quando se trata da contratação de profissionais em crescimento, gira em torno muito da questão financeira, já que muitas equipes de Série C, por exemplo, não podem pagar grandes salários. Além disso, para os profissionais, estar em um time considerado maior, pode ser uma grande vitrine. 

Após o acordo do Clube do Remo com o treinador Gerson Gusmão para o prosseguimento da Série C, o presidente do time paraibano, Alexandre Cavalcanti, soltou o verbo para cima dos paraenses, dizendo que o clube conduziu as contratações de forma antiética.

"A nossa "filial do norte" tratou de maneira antiética, ao meu ver, essas contratações", disse se referindo às contratações tanto do treinador, quanto do zagueiro Daniel Felipe e do meia Anderson Paraíba.

LEIA TAMBÉM:

Anderson Paraíba fecha com o Remo e presidente se irrita

Gerson Gusmão é o novo técnico do Clube do Remo para Série C

Leandro só estreia em julho pelo Remo; Jurídico se posiciona

O mandatário ainda completa: "O Remo, vai poder levar o nosso camisa 10, meio-campo, goleiro e comissão técnica, mas nunca vai conseguir levar o que a torcida tem pelo Botafogo. Isso aí é insuperável, o nosso trabalho e o nosso amor pelo Botafogo", desabafa.

Para suprir a função de treinador na equipe, quem assume é o ex-Paysandu Itamar Schülle, que estava desempregado desde que treinou o Concórdia, ainda pelo Campeonato Catarinense. A justificativa do presidente foi tentar fazer contratações diferentes do jeito que o Leão está fazendo, e não negociar com técnicos já empregados.

"Eu descartei todos os treinadores que estavam empregados, porque eu não poderia cometer a mesma falha que a nossa 'filial do norte' (Remo) cometeu, que é ir atrás de treinadores empregados para jogar a mesma competição. O Itamar, por não estar empregado em nenhum time da Série C, foi um dos nomes que pesou muito na balança para essa minha decisão", completa.

Sobre os comentários feitos pelo presidente do Botafogo da Paraíba, o DOL tenta contato com o presidente do Clube do Remo, Fábio Bentes, e aguarda retorno. Entretanto, fontes de dentro do clube afirmam que o Leão não deverá se posicionar sobre o caso antes de um anúncio oficial de Gusmão como novo treinador do clube.

Conteúdo Relacionado

0 Comentário(s)
MAISACESSADAS