Diário Online
Esporte / Esporte Pará
QUASE LÁ, PAPÃO!

Paysandu vence Campinense e está "virtualmente" classificado

O Lobo chegou aos 30 pontos com a vitória e dependerá de resultados deste domingo para confirmar a vaga à próxima fase ainda nesta rodada. Próximo adversário será o Altos, no Piauí.

sábado, 30/07/2022, 21:17 - Atualizado em 30/07/2022, 23:45 - Autor: Kaio Rodrigues

Google News

Marlon marcou duas vezes e praticamente garantiu o Papão na próxima fase.
Marlon marcou duas vezes e praticamente garantiu o Papão na próxima fase. | (Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu)

O Paysandu venceu o Campinense por 3 a 1, na noite deste sábado (30), no Estádio Amigão, em Campina Grande-PB, e está muito próximo da vaga no quadrangular da Série C do Brasileiro. Bicolores dependem de uma derrota ou empate do São José para o Figueirense, em Florianópolis, ou do Botafogo-SP também não vencer seu jogo contra o Volta Redonda, em Ribeirão Preto.

Com isto, os 2 times não conseguirão alcançar a marca de 32 pontos, que serviria para ultrapassar o Eterno Campeão dos Campeões na classificação. Mesmo se não se classificar nesta rodada, o Papão ainda terá mais duas partidas para garantir ao menos um ponto. Próximos desafios serão contra Altos (fora) e Floresta (casa).

A VITÓRIA DE HOJE

Os gols da partida foram marcados pelo atacante Marlon, duas vezes, que estava há seis jogos sem balançar as redes e agora soma nove gols na Terceirona, assumindo a artilharia da competição. Marcelinho fez o terceiro após bela enfiada de bola de José Aldo e Dione descontou para os donos da casa, após pênalti inexistente marcado pela arbitragem.

O Lobo chegou aos 30 pontos, dois a menos que o líder. No geral, o Papão não precisou de muito esforço e fez o feijão com arroz para derrotar o adversário. Naylhor fez uma boa estreia e deve permanecer na equipe titular para a sequência. Bicolores mostraram segurança defensiva em bolas aéreas e sofreram um gol de penalidade que não houve. Agora, o Papa Títulos do Norte irá em busca da liderança.

Veja como foi o Lance a Lance:

Marlon, o artilheiro do amor
Marlon, o artilheiro do amor | (Foto: Jorge Luís Totti/Paysandu)
 

Primeiro Tempo:

O jogo começou elétrico e com divididas. O Campinense mostrava adiantar as suas linhas e pressionava a saída de bola do Papão. Porém, foi o Lobo quem assustou. Aos 3 minutos, José Aldo roubou a bola e puxou contra-ataque com Marlon, que deixou Dalberto de cara com o goleiro. Atacante bicolor marcou de cavadinha, mas bandeirinha assiná-lou posição irregular do camisa 35.

Nos primeiros 10 minutos, o Campinense foi melhor. Busca ser agressivo, enquanto que o Paysandu espera erros para sair em contra-ataques. Os paraenses começaram a ter mais posse de bola e, aos 15, Igor Carvalho cobrou lateral na área, Dalberto desviou e a bola sobrou para Marlon abrir o placar no Amigão. Atacante voltou a balançar as redes após seis jogos de jejum. 


A Raposa saiu para o ataque em busca do empate e o Papão se defendeu bem, evitando qualquer tipo de perigo. Bicolores mantiveram a estratégia de contra-ataque e, aos 25, Marlon recebeu lançamento, tirou do goleiro Mauro Iguatu e foi derrubado na área. O próprio camisa 10 foi para a cobrança e marcou o nono dele na Terceirona, aumentando a vantagem bicolor e assumindo a artilharia isolada.


O Campinense teve um maior volume de jogo, mas não conseguiu levar perigo real ao Paysandu, que aproveitou contra-golpes para fazer o resultado. O Papão estava jogando muito? Não precisou. O jogo oferecia as oportunidades e o Lobo ia aproveitando, pois tinha qualidade para isso. Bicolores desceram para o intervalo garantindo vaga no Quadrangular Final.

Segundo Tempo: 

A segunda etapa voltou mais lenta, porém os donos da casa trocavam passe no ataque e iam tentando se aproximar da área do Paysandu. Entretanto, a defesa alviceleste seguia bem postada e nada passava. Thiago fez uma boa defesa aos 19 minutos e, Marlon, aos 23, perdeu uma chance cara a cara com Mauro Iguatu. Era a chance do Hat-Trick, mas foi desperdiçada.

Três minutos depois, a arbitragem marcou pênalti inexistente após Oliveira se jogar na área. Dione diminuiu o placar e recolocou a Raposa no jogo. O Paysandu foi "cozinhando" a partida, atentou para não dar brecha para o empate. E, aos 41 minutos, José Aldo deu bela enfiada de bola para Marcelinho, que driblou o goleiro e fechou o caixão da Raposa.


Próximos Compromissos:

Na 18ª rodada da Série C do Brasileiro, o Papão irá visitar o Altos, no Estádio Lindolfo Monteiro, no Piauí. A partida está marcada para sábado (6), a partir das 19h. Já o Campinense, que luta contra o iminente rebaixamento, visita o Floresta no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, no domingo (7), às 15h.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS