Diário Online
Esporte / Mundo
O PATRÃO TA ON!

Lewis Hamilton fatura 102ª pole da carreira no GP do Catar

Piloto britânico fez tempo de 1’20.827 e larga em primeiro lugar no inédito GP do Catar. Verstappen é o segundo e promete largada quente pra cima do rival

sábado, 20/11/2021, 16:14 - Atualizado em 20/11/2021, 16:49 - Autor: DOL


Hamilton conseguiu a pole para o GP do Catar
Hamilton conseguiu a pole para o GP do Catar | Divulgação

Lewis Hamilton novamente brilhou na temporada 2021 da Fórmula 1. Embalado pelo histórico fim de semana do GP de São Paulo, o heptacampeão mundial conquistou a pole do GP do Catar na noite deste sábado (20) em Losail. O piloto da Mercedes marcou 1min20s827 na sua volta mais rápida e superou Max Verstappen, seu grande rival na luta pelo título, por 0s455.

Max Verstappen até conseguiu melhorar seu tempo na última tentativa de volta rápida mesmo depois de Pierre Gasly sofrer com um pneu furado e ficou com o carro parado na reta dos boxes. Como o trecho foi sinalizado com bandeira amarela, todo mundo perdeu tempo naquele setor. Mesmo assim, Max ficou bem longe de se aproximar da marca de Hamilton.

Hamilton usa capacete de arco-íris em apoio à causa LGBT

F1 rejeita "VAR" em prova de Interlagos contra Verstappen

Valtteri Bottas vai largar em terceiro lugar, enquanto Gasly, com grande fim de semana em Losail, vai partir da quarta colocação. Surpresa para a posição de Fernando Alonso, quinto no grid. Em contrapartida, Charles Leclerc e Sergio Pérez foram eliminados no Q2. O mexicano vai largar em 11º, duas posições à frente do piloto da Ferrari.

A posição no grid é considerada muito importante pelos pilotos porque há uma preocupação sobre a dificuldade em ultrapassar na corrida deste domingo. Desta forma, dá para considerar a conquista deste sábado um triunfo importante para Hamilton na sua luta contra Verstappen pelo título da F1.

Q1: Batalha apertada entre Hamilton, Bottas e Verstappen

Pouco antes da abertura da classificação, a Red Bull decidiu mudar o acerto dos carros de Max Verstappen e Sergio Pérez e configurou os carros com asas traseiras prontas para alto nível de downforce, diferente do que foi testado nos treinos livres no Catar.

Sergio Pérez virou 1min23s224 na sua primeira volta rápida, mas foi batido logo em seguida por Lando Norris. Lewis Hamilton destruiu todos os tempos e registrou 1min22s019, contra 1min22s234, enquanto Valtteri Bottas virou uma volta ruim: 1min22s980.

Naquele momento, chamou a atenção a presença de Pierre Gasly na pista com pneus médios, enquanto todos os demais pilotos aceleravam com os macios. Mesmo com a diferença de pneus, o francês registrou excelente volta com déficit de apenas 0s787 em comparação com Hamilton. De macios, Tsunoda aparecia em sexto.

Bottas enfim encaixou boa volta e virou 1min22s016, somente 0s003 mais rápido que Hamilton no Q1. Só que Verstappen, pouco depois, marcou 1min21s996, deixou Valtteri para trás por apenas 0s020 e assumiu a dianteira.

No minuto final da classificação, o que se viu na pista foi aquela bagunça habitual com vários carros andando em ritmo bem lento. Hamilton, inclusive, reclamou do tráfego intenso à sua frente antes de tentar abrir volta rápida. Ainda assim, o heptacampeão conseguiu fazer o melhor tempo do Q1: 1min21s901, 0s095 melhor que Verstappen.

Foram eliminados no Q1 praticamente os mesmos de sempre: Kimi Räikkönen, Nicholas Latifi, Antonio Giovinazzi, Mick Schumacher e, por último, Nikita Mazepin, com tempo quase 2s5 mais lento que o do companheiro de equipe.

Q2: Pérez e Leclerc surpreendem com eliminação no Catar

Entre o Q1 e o Q2, a Red Bull voltou a brincar de esconde-esconde e alocou mecânicos à frente do carro de Verstappen para ocultar possíveis mudanças no bólido antes da sequência do fim de semana.

Na pista, o que se viu foi o inverso do Q1: boa parte dos pilotos no Q2 acelerou com os pneus médios, enquanto Gasly, Tsunoda, Fernando Alonso, Esteban Ocon, Sebastian Vettel, Lance Stroll e George Russell estavam com os macios.

Hamilton tomou a liderança nos primeiros minutos do Q2 com 1min21s682, enquanto Gasly virou tempo 0s298 e subiu para o segundo. Verstappen aparecia em terceiro, 0s302 mais lento que o heptacampeão, e Bottas era o quarto colocado.

Com três minutos para o fim da segunda parte da classificação, todo mundo voltou à pista para a última tentativa de volta rápida para garantir a passagem para o Q3. Charles Leclerc, Sergio Pérez e Daniel Ricciardo apareciam na zona de eliminação.

‘Checo’, mesmo de pneus macios, não conseguiu passar para o grupo dos dez primeiros e caiu, assim como Leclerc e o próprio Ricciardo. Stroll e Russell também ficaram pelo caminho. Avançaram ao Q3 Hamilton, Gasly, Alonso, Verstappen, Bottas, Ocon, Tsunoda, Vettel, Norris e Sainz.

Q3: Hamilton voa em pole decidida após anticlímax

Hamilton puxou a fila e foi seguido por Bottas na abertura do Q3. Verstappen, sem Pérez, deixou os boxes logo depois. Naquele exato momento, um fiscal técnico da FIA vistoriava a asa traseira para verificar a abertura do DRS do carro do mexicano.

Hamilton virou 1min21s262, contra 1min21s478 de Bottas. Max, na sua volta rápida, marcou 1min21s424, 0s164 mais lento que o heptacampeão. A ordem da tabela tinha Lewis na frente, seguido por Verstappen, Bottas e Gasly, em quarto. Sainz, em quinto, era 0s2 mais lento que o carro do francês.

Ainda houve uma tentativa de volta rápida para todos no Q3. Hamilton e Bottas novamente saíram na frente, enquanto Verstappen foi o último a deixar os boxes.

Hamilton fez uma volta incrível com a melhor parcial nos três setores da pista e marcou 1min20s827. Bottas e Verstappen e todos os demais vinham em suas respectivas voltas rápidas, mas tiveram de tirar o pé por conta de um pneu furado no carro de Gasly. O francês enfrentou o problema na reta dos boxes e, no trecho sinalizado com bandeira amarela, Verstappen até conseguiu melhorar sua marca, mas ficou bem longe do tempo do rival. Foi a pole 102 da carreira de Hamilton na F1.

O GP do Catar de Fórmula 1 tem largada prevista para 11h (de Brasília, GMT-3) deste domingo, sempre com transmissão ao vivo pela Band/RBA e também pelo portal DOL que acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.



Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS