Diário Online
Esporte / Mundo
DECISÃO DEFINIDA

Bilbao vence Atlético e encara o Real na final da Supercopa

Yeray Álvarez e Nico Williams marcaram para o Os Leões e vão encarar o atual campeão do torneio

quinta-feira, 13/01/2022, 23:36 - Atualizado em 13/01/2022, 23:36 - Autor: FOLHAPRESS


Não terá clássico de Madrid na final
Não terá clássico de Madrid na final | Gazeta Esportiva da Espanha

O Athletic Bilbao está na final da Supercopa da Espanha. De virada, o atual campeão bateu o Atlético de Madri por 2 a 1, e buscará o bicampeonato consecutivo contra o Real Madrid, neste domingo. O jogo foi nesta quinta (13), no Estádio Rei Fahd, na Arábia Saudita.

Com todos os gols saindo de bola parada, o time de Diego Simeone saiu na frente com gol contra do goleiro Unai Simon após cabeçada de João Félix. O Bilbao buscou o resultado, e marcou com Yeray e Nico Williams.Atual campeão, o Athletic Bilbao buscará seu quarto título de Supercopa. Na última edição da competição, o Bilbao ficou com a taça ao vencer o Barcelona por 3 a 2, na prorrogação.

Já o time merengue -que na quarta (12) venceu o Barça por 3 a 2- soma 11 títulos de Supercopa, sendo o mais recente conquistado na temporada 2019-2020, também sobre o rival de Madri.

O JOGO

O Atlético de Madrid precisou de apenas oito segundos para balançar as redes pela semifinal da Supercopa, mas a arbitragem anulou.

Após saída de bola, João Félix recebeu lançamento no meio da grande área, e mandou para o fundo da meta de Simon. O português, porém, estava em posição de impedimento, e o gol foi anulado.

Se os primeiros minutos foram eletrizantes, o restante do primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. O Bilbao era mais propositivo, enquanto o Atlético buscava jogadas em velocidade, principalmente pelos lados do campo.As duas equipes, porém, esbarraram em sistemas defensivos bem postados, e também sofreram com erros de passe. Os goleiros Oblak e Simon pouco trabalharam na primeira etapa.

Com dificuldades na criação de jogadas, o Atlético de Madri aproveitou a bola parada para abrir o placar no início do segundo tempo.

Em cobrança de escanteio de Lemar, João Félix apareceu sozinho na segunda trave e mandou no canto direito de Simon. A bola bateu nas costas do goleiro e foi lentamente para o fundo do gol.

O Athletic Bilbao quase chegou ao empate no lance seguinte. Também na bola parada, Muniain cruzou para Iñigo cabecear forte no centro da área. No reflexo, Oblak segurou a bola e evitou o gol do Bilbao.

O árbitro de vídeo ainda chegou se a bola não teria ultrapassado a linha no momento da defesa do goleiro do Atlético. A bola, porém, não cruzou a linha.

O arqueiro do Atlético de Madri fez pelo menos outras duas intervenções na etapa final. Em uma delas, Oblak defendeu com o ombro um chute cruzado de Iñaki Williams.

O Athletic Bilbao também aproveitou um escanteio para deixar tudo igual na Arábia Saudita, em cobrança pela esquerda, o zagueiro Yeray subiu mais do que a defesa do Atlético e empatou o jogo.

A virada aconteceu 35 do segundo tempo. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Nico Williams aproveitou o rebote e mandou no canto direito de Oblak.

Atrás no marcador, o Atlético de Madri terminou a partida com um jogador a menos. O zagueiro Gimenez deu uma de atacante e foi para a área adversária, mas levantou demais a perna e acertou o Iñaki. O árbitro aplicou o cartão amarelo, mas foi chamado pelo árbitro de vídeo, e trocou a cor do cartão, deixando o time de Madri com um jogador a menos.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS