Notícias / Notícias Brasil
FLAGRANTE

Promotor é preso pela Polícia Civil durante 'festa do boq**te'

A festa clandestina era amplamente divulgada nas redes sociais, visando atrair um grande público.

quarta-feira, 13/01/2021, 10:36 - Atualizado em 13/01/2021, 10:36 - Autor: Com informações do portal Metrópoles


Polícia acabou com festa irregular e prendeu um promotor de festas em flagrante.
Polícia acabou com festa irregular e prendeu um promotor de festas em flagrante. | Reprodução

Um promotor de festas foi preso em flagrante pela Polícia Civil, durante uma operação que acabou com um evento irregular no último sábado (9). A aglomeração foi informalmente denominada de "festa do boquete", que faz menção ao sexo oral. As informações são do portal Metrópoles.

A festa era amplamente divulgada nas redes sociais, visando atrair um grande público.

Segundo o delegado Fernando Rodrigues, após diligências no local, foi "confirmado que  o organizador não tinha a respectiva licença da administração regional para realizar a comemoração”.

VEJA AINDA!

Presidente decide proibir sexo oral e justifica: 'boca é para comer'

Sem nojinho! Veja seis dicas para fazer um 69 inesquecível!

Cenas fortes: vídeo mostra momento em que envolvidos na morte de torcedor em Belém são executados

AGLOMERAÇÃO

Os agentes também verificaram flagrantes de desrespeito às medidas sanitárias decretadas pelo governo local em combate à Covid-19, colocando em risco a saúde pública da população. A festa ocorreu no bairro da Samambaia, no Distrito Federal.

Ainda de acordo com o delegado, o promotor de festas "foi preso em flagrante e conduzido à delegacia, onde acabou autuado, em flagrante, pela prática do crime de infração de medida protetiva sanitária. Ele deverá, posteriormente, comparecer à Justiça”.

As investigações foram conduzidas pela 32ª Delegacia de Polícia (Samambaia) e contou com o apoio da Divisão de Operações Especiais (DOE) e da Polícia Militar (PMDF).

Assista:


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS