Notícias / Notícias Brasil
DECRETO ESTADUAL

Governo do AM suspende Enem no estado por causa da pandemia

O governo Bolsonaro ingressou com recurso mais cedo para impedir a suspensão do Enem, mas com o decreto estadual o exame não poderá ocorrer mesmo que a Justiça acate os argumentos do MEC.

quinta-feira, 14/01/2021, 23:10 - Atualizado em 14/01/2021, 23:10 - Autor: Com informações da Folhapress


A prefeitura de Manaus já havia informado que não cederia as escolas para a aplicação do exame
A prefeitura de Manaus já havia informado que não cederia as escolas para a aplicação do exame | Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O governo do estado do Amazonas publicou na noite desta quinta-feira (14) um decreto suspendendo a realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) devido à situação de calamidade que o estado vive em decorrência do avanço na pandemia da Covid-19.

"O Decreto 43.283, com a data de hoje, considera a grave crise de saúde pública, em decorrência da pandemia da Covid-19 e a recente decisão da Justiça Federal que suspendeu a realização das provas", disse a nota do governo estadual.

Mais cedo, uma decisão da Justiça federal havia suspendido a realização do exame no estado do Amazonas, mas o governo Bolsonaro ingressou com recurso nesta quinta para reverter a situação.

  1. Enem reconfirmado: Tribunal Regional Federal mantém decisão que negou adiamento
  2. Em meio ao caos, Amazonas deverá pedir oxigênio à Venezuela
  3. "Não há previsão de adiarmos o Enem", diz presidente do Inep

Com o decreto, no entanto, o exame não pode ocorrer mesmo que a Justiça acate os argumentos do Ministério da Educação (MEC). O decreto não estipula uma data para que ocorra uma nova aplicação no estado.

A prefeitura de Manaus já havia informado que não cederia as escolas para a aplicação do exame. A situação do sistema de saúde na capital amazonense é de colapso e falta oxigênio para atender pacientes internados.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS