Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
ENEM

Defensoria Pública da União entra com pedido para suspender Enem neste domingo

Para defensor responsável pela ação, a ocupação de até 50% nas salas de aula ocupadas pelos estudantes do ensino médio não será cumprida

sábado, 16/01/2021, 15:44 - Atualizado em 16/01/2021, 15:43 - Autor: Com informações de Metrópoles


Imagem ilustrativa da notícia: Defensoria Pública da União entra com pedido para suspender Enem neste domingo
| Eliseu Dias/Ascom Seduc

Neste sábado (16), a Defensoria Pública da União (DPU) pediu a anulação da decisão da Justiça Federal que manteve as datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A primeira prova está prevista para este domingo (17), e a segunda para o próximo dia 24.

De acordo com a DPU, mesmo tendo apresentado soluções para possíveis aglomerações nos dias de aplicação, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) “induziu a Justiça Federal da 3ª Região ao erro, prestando informações inverídicas que vieram a subsidiar as decisões de indeferimento dos pedidos de adiamento”.

Sespa divulga orientações sanitárias para o Enem

Tudo pronto para a realização do Enem 2020 neste domingo

Enem 2020: professora orienta como fazer uma boa redação no exame

Em entrevista ao Estadão, o defensor responsável pelo ação é João Paulo Doriniele, afirmou que a ocupação de até 50% das salas de aplicação, garantida pelo Inep, não será cumprida.

“Na maioria desses casos, a ocupação é de cerca de 80%, muito acima de um número prometido. Esperamos que a decisão seja revertida ou fundamentada de outro modo”, disse ao jornal.

Pedido de adiamento

No dia 8 de janeiro, foi feito pela primiera vez o pedido de adiamento, em uma ação da DPU. Porém, no dia 12 de janeiro, a Justiça Federal negou o pedido, afirmando que as medidas contra a Covid-19 anunciadas pelo Inep são suficientes para garantir a segurança dos participantes.

Aproximadamente 5,78 milhões de pessoas confirmaram a participação no Enem. Em alguns estados do país, também foram realizados pedidos de adiamento das provas. No Amazonas, por exemplo, a Justiça Federal acatou a solicitação, diante do crescimento de casos de Covid-19 na região.

No Paraná, a 20ª Vara Federal de Curitiba negou, neste sábado, o pedido de adiamento feito pela Defensoria Pública da União.

Calendário oficial do Enem 2020

Provas impressas: 17 e 24 de janeiro de 2021.

Prova digital: 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021.

Reaplicação das provas e Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL): 23 e 24 de fevereiro de 2021.

Resultados: 29 de março de 2021.

Mais informações na página do Inep.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS