Notícias / Notícias Brasil
"INACEITÁVEL FURAR FILA"

Dilma recusa convite de Dória para ser vacinada contra covid-19

Apesar de agradecer João Dória, Dilma disse que é "inaceitável" furar a fila da vacinação.

quinta-feira, 21/01/2021, 21:44 - Atualizado em 21/01/2021, 21:44 - Autor: Fonte: Uol


Imagem ilustrativa da notícia: Dilma recusa convite de Dória para ser vacinada contra covid-19
| Reprodução Facebook

A ex-presidente Dilma Rousseff recusou o convite do governador de São Paulo, João Doria, para ser vacinada no dia 25 de janeiro, em Porto Alegre, onde reside atualmente. Roussef classificou como "inaceitável furar a fila, que deve ser estritamente respeitada por todos os brasileiros".

Apesar de agradecer a João Dória, Dilma defendeu que o Plano Nacional de Imunização deve ser respeitado, principalmente em um momento de crescimento do vírus no país. "Tenho o dever de recusar a oferta, por razões éticas e de justiça (...) o Plano Nacional de Vacinação deve ser respeitado e, se é certo que a vacinação já começou, não há montante de vacinas disponível para que eu, agora, seja beneficiada", completou.

No comunicado, a ex-presidente elogiou os trabalhos do SUS, do Butantan e da Fiocruz, "que são tão importantes e estratégicos para a saúde pública no Brasil e para o desenvolvimento das vacinas". "Aguardarei pacientemente a minha vez e quero adiantar que já estou com o braço estendido para receber a Coronavac", finalizou. 

 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS