Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
PANDEMIA

Festa com cerca de 600 pessoas viola decreto e é interrompida pela polícia

Além da aglomeração, as pessoas não usavam proteção facial e não havia distanciamento social

domingo, 07/03/2021, 13:55 - Atualizado em 07/03/2021, 13:55 - Autor: Redação


Imagem ilustrativa da notícia: Festa com cerca de 600 pessoas viola decreto e é interrompida pela polícia
| Guarda Municipal de Contagem

Na noite de sábado (6), uma festa que acontecia em um espaço de eventos reuniu cerca de 600 pessoas, violando, assim, o decreto para conter a disseminação da covid-19. A farra foi interrompida por fiscais da Prefeitura de Contagem (MG), onde houve a ocorrência, junto com a Polícia Militar e a Guarda Municipal, no bairro Quincas do Jacubá.

Segundo informações do jornal O Tempo, o evento foi anunciado desde o dia 3 de fevereiro e até DJs internacionais iriam se apresentar no evento de música eletrônica. O desrespeito à pandemia não estava somente na aglomeração, mas havia várias pessoas sem máscaras e sem nenhum tipo de distanciamento social. A polícia informou que a festa foi denunciada por volta das 15h pela vizinhança.

Na cidade mineira, o atual decreto por causa da pandemia determina a proibição de eventos com mais de 10 pessoas, inclusive em residências. Casas de shows, bares e afins estão proibidos de funcionar.

"O local tinha alvará para funcionar como restaurante, até às 23h, obedecendo as normas do decreto 004/21 e adotando todos os protocolos sanitários. Entretanto, diante da chegada da patrulha, constatou-se que o local estava promovendo um evento clandestino. Ele não estava funcionando como restaurante e, portanto, foi interditado", informou a prefeitura.

O responsável pela festa foi qualificado em boletim de ocorrência, mas não foi preso, pois não há punição determinada pelo executivo para esse tipo de evento.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS