Notícias / Notícias Brasil
CRIME

Hackers enviam pornografia para mais de 60 alunos durante aula online

A Polícia Civil registrou a ocorrência como ato obsceno e encaminhou o inquérito para a Delegacia de Defesa da Mulher, responsável por este tipo de crime

sábado, 13/03/2021, 14:53 - Atualizado em 13/03/2021, 17:28 - Autor: Com informações Istoé


Imagem ilustrativa da notícia: Hackers enviam pornografia para mais de 60 alunos durante aula online
| Reprodução

Alunos da Escola Municipal Darcy Ribeiro, em São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, foram surpreendidos na última quinta-feira (11) durante uma aula online. Dois indivíduos invadiram a sala virtual na plataforma e passaram a exibir imagens pornográficas para os jovens.

De acordo com a diretoria da escola, cerca de 60 alunos estavam assistindo à aula ao vivo na plataforma Google Meet quando tudo aconteceu. De início, um usuário entrou na sala virtual e passou a postar imagens e vídeos pornográficos para os adolescentes do 6º ano.

Segundo a instituição, o professor tentou desconectar a sala e encerrar a atividade, mas ele já havia perdido o controle da plataforma. Na sequência, outro usuário também entrou na chamada, dessa vez utilizando uma webcam para fazer transmissão ao vivo de um homem se masturbando.

A Polícia Civil registrou a ocorrência como ato obsceno e encaminhou o inquérito para a Delegacia de Defesa da Mulher, responsável por este tipo de crime.

Marilza Cristina Teodoro de Lima, vice-diretora da escola, disse que não sabe ainda quem teria invadido a aula, mas afirmou que o colégio lida com duas hipóteses: “A gente não conseguiu descobrir. O que a gente comentou foi que ou algum aluninho passou o link para alguma pessoa. A gente está pensando ser alguém conhecido porque um aluninho pode ter passado para um adulto ou foi um hacker”.

A Vice-diretora pontuou que o caso aconteceu durante uma aula ao vivo e que o procedimento não será adotado neste momento e o Google Meet será abandonado nas aulas online. “A aula que aconteceu foi pelo Google Meet e foi ao vivo, vamos pausar neste momento e vamos deixar as aulas gravadas, colocando as gravações no grupo das salas de aula e não vamos usar o Google Meet até resolver essa situação”, finalizou.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS