Notícias / Notícias Brasil
OSTENTANDO

Bolsonaro gastou R$ 2,4 milhões em 17 dias de férias

Do valor total, quase R$ 1,2 milhões foram gastos no cartão corporativo do governo federal, R$ 1,05 milhão foi usado para abastecer e fazer a manutenção de aeronaves, e R$ 202 mil em diárias da equipe de segurança do presidente.

quinta-feira, 01/04/2021, 19:37 - Atualizado em 01/04/2021, 20:38 - Autor: Fonte: Uol


Enquanto brasileiro não consegue comprar um quilo de carne, presidente gasta milhões em 15 dias.
Enquanto brasileiro não consegue comprar um quilo de carne, presidente gasta milhões em 15 dias. | Reprodução

Se para a população brasileira está cada vez mais difícil sobreviver, para o presidente e sua família o momento é de ostentação. Nesta quinta-feira (1º) foi divulgado quanto o presidente do Brasil gastou em suas pequenas férias de 17 dias. Jair Bolsonaro gastou, de 18 de dezembro de 2020 a 5 de janeiro deste ano, R$ 2,4 milhões dos cofres públicos.

O valor foi revelado pelo site Congresso em Foco. Do valor total, quase R$ 1,2 milhões foram gastos no cartão corporativo do governo federal, R$ 1,05 milhão foi usado para abastecer e fazer a manutenção de aeronaves, e R$ 202 mil em diárias da equipe de segurança do presidente.

Os dados sobre as férias de Bolsonaro no Guarujá (SP) e em São Francisco do Sul (SC) foram apresentados pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI) e pela Secretaria-Geral da Presidência da República.

Segundo o GSI, no primeiro pedido, as diárias da equipe de segurança custaram R$ 202 mil; já US$ 185 mil (R$ 1,050 milhão) foram gastos com as aeronaves; os valores do cartão corporativo não foram especificados. No segundo pedido, a Secretaria-Geral afirma que R$ 1,196 milhão foi usado no cartão corporativo, porém os gastos estão na categoria de sigilo "reservado", e não serão divulgados por cinco anos.

Nos 18 dias de férias, Secretaria-Geral diz que os valores foram utilizados para cobrir a hospedagem de Bolsonaro e da equipe que o acompanhou, alimentação e manutenção das residências em que o presidente esteve, entre outros. Em março, o colunista Lúcio Vaz mostrou que as 13 viagens feitas por Bolsonaro no mês de dezembro do ano passado, percorrendo nove estados, custo de R$ 2,15 milhões aos cofres públicos.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS