Notícias / Notícias Brasil
PROCEDIMENTOS

Caso Henry: mãe e padrasto são investigados pelo crime

O casal não compareceu a uma reprodução simulada realizada na semana passada, que encenava o que poderia ter acontecido no dia em que o menino foi encontrado morto

domingo, 04/04/2021, 18:15 - Atualizado em 04/04/2021, 18:15 - Autor: Com informações da IstoÉ


Henry Borel, de apenas 4 anos, foi encontrado morto no dia 8 de março dentro da casa onde morava a mãe e o padrasto.
Henry Borel, de apenas 4 anos, foi encontrado morto no dia 8 de março dentro da casa onde morava a mãe e o padrasto. | Reprodução/Arquivo Pessoal

Monique Medeiros e Dr. Jairinho, respectivamente mãe e padrasto de Henry Borel, são tratados como investigados pela Polícia Civil depois de não terem comparecido a uma reprodução simulada realizada na última quinta-feira (1º).

Na data em questão, foi encenado o que poderia ter acontecido no dia 8 de março, quando Henry foi encontrado morto pela mãe em seu quarto. O laudo da reprodução simulada deverá ser divulgado na próxima semana e deve determinar o rumo do inquérito.

A reprodução só foi possível com base nos depoimentos das testemunhas, levando em conta também as versões do padrasto e da mãe de Henry. Entre as hipóteses de quedas acidentais, são: um pulo da escrivaninha, queda da poltrona, salto da cama para o chão ou uma queda da própria altura.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS