Notícias / Notícias Brasil
INVESTIGAÇÃO

Vizinhos denunciaram Dr. Jairinho por violência contra 'ex'

De acordo com os vizinhos, a ex-companheira e a filha sofriam “violências, humilhações, insultos e ofensas” por parte do político.

terça-feira, 06/04/2021, 15:58 - Atualizado em 06/04/2021, 15:58 - Autor: Com informações do portal Metrópoles


O vereador  Dr. Jairinho e a namorada, Monique Medeiros da Costa e Silva de Almeida, estão sendo investigados pela morte do menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos.
O vereador Dr. Jairinho e a namorada, Monique Medeiros da Costa e Silva de Almeida, estão sendo investigados pela morte do menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos. | Reprodução

Vizinhos de Ana Carolina Ferreira Netto, ex-companheira de Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho, denunciaram, em 2019, que ela e a filha (que, atualmente, já é adolescente) sofriam violência do político. O relacionamento do casal terminou há cinco anos. O vereador e a namorada, Monique Medeiros da Costa e Silva de Almeida, estão sendo investigados pela morte do menino Henry Borel Medeiros, de 4 anos.

De acordo com informações publicadas no portal Metrópoles, os vizinhos afirmaram que ela e o filha sofriam “violências, humilhações, insultos e ofensas” por parte do político. Uma ligação para a Central de Atendimento à Mulher (180), em junho de 2019, afirmou que os vizinhos escutavam xingamentos e barulhos de objetos sendo quebrados no apartamento onde eles moravam, na barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

O caso chegou a ser encaminhado para a Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, que acionou o Conselho Tutelar, porém, durante uma visita dos profissionais no local para apurar a denuncia, a ex-mulher de Jairinho negou a veracidade dos relatos feitos por vizinhos.

Na época, Ana Carolina e a filha chegaram a ir até o Conselho Tutelar, porém, a criança disse que “eles chegavam a discutir, mas, se assim não fizessem, não seriam um ‘casal normal’”, detalhou o portal Metrópoles.

Antes disso, em 2014, Ana Carolina foi até uma delegacia no Rio de Janeiro para comunicar que Jairinho “sempre foi violento”, tendo sido agredida diversas vezes por ele. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS