Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
COVID-19

Mãe de Henry está com pulmões comprometidos e segue isolada

Ela segue internada no Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

quarta-feira, 21/04/2021, 13:41 - Atualizado em 21/04/2021, 13:44 - Autor: Com informações do portal O Globo


Detida, Monique segue sendo investigada.
Detida, Monique segue sendo investigada. | Reprodução

A vida de Monique Medeiros da Costa e Silva mudou completamente nas últimas semanas. Mãe do pequeno Henry Borel, de apenas 4 anos, que foi encontrado morto no dia 8 de março, ela não apenas passou a ser investigada e detida por envolvimento na morte do próprio filho, como também foi diagnosticada com Covid-19.

Por conta de se quadro clínico, a acusada segue isolada Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Segundo o jornal O Globo, o laudo da tomografia computadorizada realizada por ela no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, mostra que ela está com os pulmões comprometidos pela doença.

"A extensão do acometimento do parênquima pulmonar é de 5%", diz trecho do laudo, que relata ainda que a área afetada é a o lobo inferior esquerdo do pulmão. Apesar disso, de acordo com informações da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), ela passa bem.

Veja o que diz a nota da Seap:

" A interna Monique Medeiros foi encaminhada, nessa terça-feira ao Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, por recomendação médica, para a realização de exame de tomografia, após diagnóstico positivo para Covid-19. A mesma passa bem e já retornou ao Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo de Gericinó, onde continuará isolada e recebendo o acompanhamento médico devido", afirma a nota da Seap.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS