Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
SAÚDE DO HOMEM

Covid-19 aumenta risco de impotência sexual, diz estudo

A pesquisa mostra que a doença pode permanecer no pênis dos homens por seis meses após a infecção. Os especialistas analisaram o tecido de homens com histórico de Covid-19 e homens que não tinham o vírus.

quinta-feira, 13/05/2021, 19:06 - Atualizado em 13/05/2021, 19:06 - Autor: Com informações publicadas na Istoé


Imagem ilustrativa da notícia: Covid-19 aumenta risco de impotência sexual, diz estudo
| Reprodução

Pouco se sabe ao certo sobre as sequelas que a Covid-19 pode deixar. Muito se fala sobre fadiga, falta de ar, dor no peito, tromboses, palpitações, depressão e ansiedade.

Porém, um estudo mostrou que a Covid-19 pode permanecer no pênis dos homens por seis meses após a infecção e aumentar o risco de impotência.

De acordo com informações publicadas na Istoé e outros veículos de imprensa, o autor do estudo Ranjith Ramasamy, MD, diretor do Programa de Urologia Reprodutiva da Escola Miller, diz que o coronavírus pode causar disfunção endotelial generalizada em sistemas orgânicos além dos pulmões e rins.

A disfunção ocorre quando o coronavírus entra nas células endoteliais e afetam os órgãos, incluindo o pênis. Os especialistas analisaram o tecido de homens com histórico de Covid-19 e homens que não tinham o vírus.

No ano passado, cientistas alertaram que houve um aumento no número de homens com disfunção erétil – mas afirmaram que isso pode ter ocorrido devido ao estresse da pandemia.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS