Notícias / Notícias Brasil
DOAÇÕES

Após ataques racistas no Tik Tok, carateca vai comprar casa

Nicole Cristina, de 15 anos, foi vítima de injúria racial nas redes sociais. O caso sensibilizou doadores, que arrecadaram mais de R$ 100 mil para que a jovem compre uma casa

sábado, 22/05/2021, 22:34 - Atualizado em 22/05/2021, 22:38 - Autor: Com informações do site Notícia Preta


Nicole chegou a ser chamada de "macaca podre" por mensagens em redes sociais
Nicole chegou a ser chamada de "macaca podre" por mensagens em redes sociais | Reprodução/ Twitter

Há algumas semanas a carateca Nicole Cristina, de 15 anos, foi vítima de racismo nas redes sociais. A resposta da menina aos que a ofenderam, criticando o cabelo dela, emocionou artistas como Jojo Todinho, Tatá Werneck, Seu Jorge e Ludmilla, pela maturidade sobre o assunto.

Uma campanha, impulsionada pelo portal Razões para Acreditar, obteve a adesão de 1.788 doadores e arrecadou R$ 101.500,00. O valor será destinado para a compra de uma casa para Nicole, seus irmãos e seus pais. Em vídeo, a jovem agradeceu pelas doações: “Vim agradecer todos vocês doadores, um beijo. Muito obrigado para vocês todos do Razões Para Acreditar também por estar ajudando. Conseguimos bater a meta. Agora vamos conseguir comprar a nossa própria casinha”.



Em entrevista ao site Notícia Preta, Ana Cristina, a mãe da Nicole contou quando os ataques iniciaram. “Os ataques começaram quando a gente começou a postar vídeo de macarrão e o pessoal ficava falando que ia cair cabelo e mandavam ela usar touca, só que a gente ‘tava’ na cozinha de casa”, disse. A dona de casa contou que os ataques foram se intensificando com o passar dos meses, falavam para a Nicole tomar banho e chegaram até a chamá-la no privado de macaca podre. Após a repercussão, mãe e filha conversaram com o diretor de responsabilidade do Tiktok, que disse já possuir uma campanha contra o racismo planejada.


Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS