Notícias / Notícias Brasil
MUCORMICOSE

"Fungo preto": Amazonas confirma morte de paciente

A vítima de 56 anos tinha um histórico de diabetes do tipo 2 e passou quase 20 dias internado

quarta-feira, 02/06/2021, 15:30 - Atualizado em 02/06/2021, 15:30 - Autor: Com informações do portal Metrópoles


Imagem ilustrativa da notícia: "Fungo preto": Amazonas confirma morte de paciente
| Reprodução/Unicamp

No contexto da pandemia da Covid-19, além das variantes da doença, que estão sendo investigadas, uma nova preocupação tem intrigado as autoridades de saúde: o chamado fungo preto, que é causador da mucormicose e responsável por milhares de mortes na Índia. 

Segundo os médicos indianos, o fungo estaria provocando o aumento no número de vítimas do coronavírus em todo o país, principalmente os pacientes mais jovens. 

A morte de um homem de 56 anos por mucormicose, em Manaus, no Amazonas, na última terça-feira (1), tem gerado preocupação em todo o País. O "fungo preto" é ainda mais perigoso por causa da necrose que provoca em tecidos do corpo. 

O caso do paciente de Manaus era investigado desde abril deste ano. O homem, que tinha um histórico de diabetes do tipo 2, foi internado em um hospital da cidade em 12 de abril. Na semana passada, ele foi transferido para o hospital da Fundação de Medicina Tropical, onde morreu. 

O homem fazia uso de insulina e tinha recebido a primeira dose da vacina Coronavac no início de abril. O mesmo foi encaminhado para o hospital após apresentar sintomas gripais e uma forte coceira no olho direito, que acabou avançando para uma infecção local. Ele foi submetido a um teste do tipo RT-PCR, onde o mesmo apresentou negativo para infecção do novo coronavírus.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS