Notícias / Notícias Brasil
GRANA EXTRA

Saiba se você tem dinheiro a receber com PIS e abono

Mais de R$ 24,5 bi estão "esquecidos", será que seu dinheiro também não está lá?

domingo, 06/06/2021, 11:33 - Atualizado em 06/06/2021, 15:39 - Autor: Com informações do UOL


O abono salarial estará disponível para saque até o fim deste mês, 30 de junho.
O abono salarial estará disponível para saque até o fim deste mês, 30 de junho. | Marcello Casal Jr/Agência Brasil

 

O abono salarial estará disponível para saque até o fim deste mês, 30 de junho.
O abono salarial estará disponível para saque até o fim deste mês, 30 de junho. | Marcello Casal Jr/Agência Brasil
 

Em tempos comuns, um “dinheirinho” extra não faz mal para ninguém. Imagina então em tempos de crise, de pandemia e de dificuldade financeira. Ai, o dinheirinho se torna essencial.

Mais de R$ 24,5 bilhões estão parados no banco porque trabalhadores brasileiros não foram receber. Esse dinheiro vem de duas fontes diferentes: as cotas do PIS/Pasep e o abono salarial também do PIS/Pasep.

Porém, existe um prazo para que o dinheiro de cada uma dessas fontes seja sacado. As cotas podem ser sacadas até maio de 2025, mas o prazo do abono termina no fim deste mês

Entenda a diferença entre os pagamentos

As cotas do PIS/Pasep podem ser sacadas por quem trabalhou em empresas e órgãos públicos entre 1971 até 1988. Vale lembrar que se o cotista morreu, os herdeiros têm direito.

Os recursos podem ser sacados na Caixa Econômica Federal.

Já o abono salarial é pago para quem trabalhou com carteira assinada ou como funcionário público no ano anterior. Para ter direito, é preciso preencher alguns requisitos, como ter recebido em média até dois salários mínimos por mês.

O trabalhador pode receber até um salário mínimo (R$ 1.100, em 2021), mas o valor pode variar de acordo com o tempo que a pessoa trabalhou.

As pessoas que foram empregadas do setor privado pode fazer o saque na Caixa, já o servidor público retira no dinheiro no Banco do Brasil.

RECURSOS

A divisão dos R$ 24,5 bilhões é R$ 22,8 bilhões são de cotas do extinto fundo PIS/Pasep, repassados ao FGTS, R$ 1,2 bilhão de recursos do abono salarial não sacados em outros anos E R$ 448,4 milhões de abono salarial do atual calendário.

Quem tem direito a sacar o abono salarial do PIS/Pasep?

- Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano anterior

- Ganhou, no máximo, dois salários mínimos por mês, em média

- Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos

- É preciso que a empresa onde trabalhava tenha informado os dados corretamente ao governo

Como saber se tenho direito?

Para saber se tem direito ao abono salarial, é possível fazer a consulta das seguintes maneiras:

- PIS (trabalhador de empresa privada)

No Aplicativo Caixa Trabalhador

No site da caixa (www.caixa.gov.br/PIS), clique em "Consultar pagamento"

Pelo telefone de atendimento da Caixa: 0800 726 0207

- Pasep (servidor público)

 Pelos telefones da central de atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos) 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS