Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
CRIME CHOCANTE

Carro em que Elize Matsunaga levou corpo está à venda

O veículo tem valor médio de R$ 47 mil, de acordo com a Tabela Fipe

quarta-feira, 06/10/2021, 17:51 - Atualizado em 06/10/2021, 17:51 - Autor: Com informações do UOL


Imagem ilustrativa da notícia: Carro em que Elize Matsunaga levou corpo está à venda
| Reprodução

O crime de Elize Matsunaga se tornou um dos que tiveram a maior repercussão na história do país. A mulher matou e esquartejou o marido Marcos Kitano Matsunaga, presidente da empresa alimentícia Yoki, em maio de 2012, após descobrir que estava sendo traída por ele. A criminosa transportou os restos mortais do companheiro no carro da família. Ela foi condenada a 16 anos e três meses de prisão. 

Edmilson Rodrigues é internado em hospital devido à Covid-19

O veículo usado na ação permanece estacionado no mesmo lugar desde que a técnica de enfermagem foi presa, em 2012. Agora, o objetivo da criminosa é vender o veículo para ajudar a "reerguer" a própria vida, afirma a advogada de Elize, Juliana Fincatti Santoro.

"De fato, a vontade dela é de buscar o veículo e vendê-lo, após colocá-lo em condições de rodar. Como o Pajero está há tanto tempo parado, já não tem mais bateria e terá de passar por uma revisão antes de ser anunciado", explica a advogada.

Carro atropela motociclista no BRT da Augusto Montenegro

O carro tem preço médio de aproximadamente R$ 47 mil na Tabela Fipe. Além do veículo, Elize tem uma das coberturas em que morava com o marido registrada em seu nome. Porém, a posse do imóvel é contestada pela família do ex-companheiro. 

Vídeo mostra agressões que causaram morte de ambulante

"O apartamento foi passado a ela por meio de doação, revogada pela Justiça sob a alegação de que Elize atentou contra a vida do marido. Contudo, a decisão não é definitiva e estamos recorrendo", complementa. Elize e o ex-marido eram casados em regime de comunhão parcial de bens. 

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS