Diário Online
Notícias / Notícias Brasil
QUASE 4 ANOS DEPOIS...

Caso Wal do Açaí: Bolsonaro segue sendo investigado

Wal do Açaí era funcionária fantasma no gabinete de Jair Bolsonaro, na Câmara dos Deputados do RJ.

domingo, 02/01/2022, 09:13 - Atualizado em 02/01/2022, 11:56 - Autor: FOLHAPRESS


Walderice Santos da Conceição, a "Wal do Açaí", foi nomeada para um cargo comissionado na prefeitura de Angra dos Reis (RJ).
Walderice Santos da Conceição, a "Wal do Açaí", foi nomeada para um cargo comissionado na prefeitura de Angra dos Reis (RJ). | Arquivo pessoal

No mês em que Jair Bolsonaro (PL) inicia o último ano de seu atual mandato presidencial, a investigação sobre Wal do Açaí, a funcionária fantasma que ele empregava em seu gabinete na Câmara dos Deputados, completa três anos e meio sem conclusão.

Nesse período, Walderice Santos da Conceição reformou sua loja na Vila de Mambucaba, teve péssimo desempenho na candidatura a vereadora de Angra dos Reis (RJ) e foi nomeada para um cargo que continua exercendo na prefeitura da cidade.

Wal do Açaí registra candidatura com sobrenome do presidente

PSB dribla resistências a Lula e trava em acordos com PT

Em 2018, a Folha revelou que o então deputado usava verba da Câmara para ter Wal como assessora, que trabalhava vendendo açaí e prestava serviços particulares a Bolsonaro durante horário de expediente da Câmara.

O procurador responsável pelo caso, João Gabriel Queiroz, chegou a se afastar em dezembro de 2019 para fazer mestrado na Espanha. No período, o procedimento passou por gabinetes, mas ninguém tocou o inquérito.

Questionada pelo Painel, a Procuradoria da República do DF disse, por meio da assessoria de imprensa, que o caso tramita sob sigilo.

Conteúdo Relacionado

4 Comentário(s)
    Exibir mais comentários
    MAISACESSADAS